Navegador Brave

O navegador Brave ainda é desconhecido por muitos, mas o seu foco segundo o site do projeto, é consertar a web. Para isso eles garantem uma experiência de usuário segura, rápida e aprimorada. Ainda no site é informado que o navegador Brave é distribuído sob licença de código aberto, e que foi fundado pelo inventor do Javascript e pelo co-fundador da Mozilla, o que remente uma alta confiança no Brave. Neste artigo, saiba como instalar o navegador Brave no Ubuntu, Debian, Linux Mint, Fedora, openSUSE ou em qualquer distribuição Linux.

Comparativos do Brave em relação ao popular Google Chrome

navegador-brave-como-instalar-no-ubuntu-debian-linux-mint-fedora-e-opensuse-em-qualquer-distribuicao-linux

Instalando o navegador Brave no Ubuntu, Debian e derivados

Para instalar o navegador Brave no Ubuntu, Debian e em especial em derivados observe a versão do sistema e execute os comandos de acordo com as especificações. Se você usa uma distribuição derivada, como o Linux Mint, analise a base da sua distribuição e execute os comandos usando a versão pertinente.

Primeira coisa que você tem que fazer é abrir o Terminal.

Agora execute o comando abaixo. Observe que ele vai baixar algumas chaves para validar o software. Nunca instale nenhum software de terceiros sem validação, você pode deixar o seu sistema em risco.

 curl https://s3-us-west-2.amazonaws.com/brave-apt/keys.asc | sudo apt-key add -

No próximo passo, vamos adicionar o repositório do Brave a nossa lista:

echo "deb [arch=amd64] https://s3-us-west-2.amazonaws.com/brave-apt `lsb_release -sc` main" | sudo tee -a /etc/apt/sources.list.d/brave-`lsb_release -sc`.list

Agora, tanto para Debian quanto para Ubuntu vamos precisar atualizar os repositórios, para isso execute o comando abaixo:

sudo apt update

Agora, que já atualizamos as nossas fontes de softwares, vamos instalar o Brave no Ubuntu ou Debian, veja como é fácil:

sudo apt install brave

Instalando o navegador Brave no Fedora

Agora vamos para a instruções de como instalar o Brave no Fedora. E claro, os seus derivados também entram na lista. Iremos primeiramente adicionar o repositório. O Fedora ainda não possui o software em seus repositórios, mas isso pode mudar a qualquer momento.

sudo dnf config-manager --add-repo https://s3-us-west-2.amazonaws.com/brave-rpm-release/x86_64/

Agora vamos também importar as chaves. Isso irá aumentar a segurança do software. Tal processo acontece da mesma forma com o Debian e o Ubuntu que também exigem que todo software seja assinado.

sudo rpm --import https://s3-us-west-2.amazonaws.com/brave-rpm-release/keys.asc

Por último, vamos ao comando final, que é o de instalar o Brave no Fedora:

sudo dnf install brave

Como nós inserimos um repositório no Fedora, é importante lembrar que você receberá as versões mais recente no Brave normalmente, mas se por alguma razão você queira apenas que o Brave seja atualizado, execute o comando abaixo:

sudo dnf update brave

Instalando o navegador Brave no openSUSE

Para instalar o Brave no openSUSE vamos também executar os mesmos passos que as outras distribuições GNU/Linux, execute o comando abaixo:

sudo rpmkeys --import https://s3-us-west-2.amazonaws.com/brave-rpm-release/keys.asc

Um passo extra é que vamos precisa do lsb, ele serve para determinar a versão de lançamento da sua distribuição, e claro, vamos instalar porque precisaremos dele em breve.

sudo zypper install lsb

Depois de instalar o lsb execute o comando abaixo:

sudo zypper addrepo https://s3-us-west-2.amazonaws.com/brave-rpm-release/x86_64/brave-rpm-release

Atualize os repositórios:

sudo zypper ref

Agora por fim, instale o Brave no openSUSE:

sudo zypper install brave

Outras distribuições e considerações

Se você usa o Arch Linux o Brave já está disponível no AUR. Para todas as outras distribuições você deve baixar o pacote fonte, execute o comando abaixo:

sudo wget -O brave.tar.bz2 https://laptop-updates.brave.com/latest/linux64

E agora extraia o pacote:

sudo tar xvjf brave.tar.bz2

E depois, basta dar dois cliques no arquivo Brave que ele abrirá. Hoje você viu como instalar o Brave no Ubuntu, Debian, Linux Mint, Fedora e openSUSE.

Para mais informações e outras instruções de instalação do Brave em outras distribuições, recomendamos consultar o GitHub do Brave que contém informações extras.

Instruções de instalação do Brave em sistemas Linux

Linux Kernel 4.15 chega ao fim do suporte, atualize agora!

Previous article

Como atualizar a versão do Nautilus do Ubuntu 17.10

Next article

You may also like

More in Dicas