in

Nova lei norte-americana exigiria que fabricantes deixassem uma backdoor

Antes de mais nada, isso viola direitos à privacidade.

Nova lei norte-americana exigiria que fabricantes deixassem uma backdoor
Imagem: Wikimedia.

Os senadores dos EUA introduziram uma nova lei anti-criptografia que exigiria que os fabricantes de dispositivos e sistemas operacionais criptografados deixassem um backdoor que permitiria que as autoridades acessassem as informações criptografadas quando solicitadas.

Lindsey Graham, presidente do Comitê Judiciário do Senado, disse:

Terroristas e criminosos usam rotineiramente a tecnologia, sejam smartphones, aplicativos ou outros meios, para coordenar e comunicar suas atividades diárias.

Antes de mais nada, isso viola direitos à privacidade. Além disso, existe o problema de que, uma vez que um backdoor é intencionalmente deixado para uso pela polícia, esse mesmo backdoor pode ser encontrado e explorado por indivíduos maliciosos, tornando a criptografia praticamente inútil!

Nova lei norte-americana exigiria que fabricantes deixassem uma backdoor

A lei encerraria a criptografia em dispositivos, plataformas e sistemas. Como resultado, isso poderia ser um grande negócio para as empresas que fabricam serviços e dispositivos criptografados.

Graham disse:

Esse projeto garantirá que a aplicação da lei possa acessar material criptografado com um mandado […] e ajudará a pôr um fim ao oeste selvagem do crime na internet.

Nova lei norte-americana exigiria que fabricantes deixassem uma backdoor
Os senadores dos EUA introduziram uma nova lei anti-criptografia que exigiria que os fabricantes de dispositivos e sistemas operacionais criptografados deixassem um backdoor que permitiria que as autoridades acessassem as informações criptografadas quando solicitadas.

Por outro lado, há quem questione a verdadeira intenção da lei norte-americana. Por exemplo, Andi Wilson Thompson, analista sênior do New America’s Open Technology Institute, diz:

Esse projeto é apenas mais um ataque à criptografia; tentar retratá-lo como uma ‘solução equilibrada’ que poderia proteger a privacidade é apenas uma tentativa de distrair de sua verdadeira intenção.

Por fim, Thompson acrescentou:

Esse projeto garantiria que as empresas que fornecem produtos e serviços usados por milhões nos Estados Unidos oferecessem uma tecnologia de criptografia mais fraca, colocando todos os usuários em risco.

Fonte: Android Authority

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.