in

NVIDIA Enterprise terá keynote on-line com CEO Jensen Huang em 5 de outubro

Na abertura do GTC serão apresentadas as novidades das plataformas que envolvem IA, entre outras inovações da empresa.

O fundador e CEO da NVIDIA, Jensen Huang, fará o painel de abertura do GTC 2020 no dia 5 de outubro, às 10h, horário de Brasília, no canal oficial da empresa no Youtube. Huang destacará as mais recentes inovações da empresa em IA, computação de alto desempenho, ciência de dados, máquinas autônomas, assistência médica e gráficos profissionais durante a palestra. Sendo assim, a NVIDIA Enterprise terá keynote on-line com CEO Jensen Huang em 5 de outubro. Os participantes poderão assistir à apresentação em www.youtube.com/nvidia.

Durante os cinco dias de evento (de 5 a 9 de outubro) acontecerão mais de 500 sessões, algumas ao vivo e outras no formato de gravação sob demanda. As sessões ao vivo oferecerão aos participantes a oportunidade de fazer perguntas e interagir com especialistas em IA e outras áreas de empresas de diversos setores.

NVIDIA Enterprise terá keynote on-line com CEO Jensen Huang em 5 de outubro

NVIDIA Enterprise terá keynote on-line com CEO Jensen Huang em 5 de outubro

Muitas das principais organizações de tecnologia do mundo estarão participando do evento. Entre os patrocinadores estão: AWS, Google Cloud, Microsoft, Oracle, Facebook, Dell Technologies, Hewlett Packard Enterprises, VMware, Cisco, Lenovo, ASUS, Booz Allen Hamilton e IBM.

A conferência contará com uma trilha de inicialização completa, hospedada pelo NVIDIA Inception, que incluirá apresentações dos principais CEOs de startups de IA do mundo, sessões técnicas com engenheiros da NVIDIA e painéis com os principais executivos da NVIDIA sobre os próximos rumos da IA.

Veja mais o que o GTC tem a oferecer e inscreva-se para participar em www.nvidia.com/gtc. Os anúncios apresentados na palestra serão publicados em nvidianews.nvidia.com.

Desde 1999, a GPU NVIDIA investe em desenvolvimento de gráficos de computadores modernos e revolucionamos a computação paralela. Mais recentemente, o deep learning com base em GPU deu início à inteligência artificial moderna — a próxima era da computação — com a GPU atuando como o cérebro dos computadores, robôs e carros autônomos que podem perceber e compreender o mundo. Saiba mais em http://nvidianews.nvidia.com/

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.