LibreOffice

Sua chegada permite que qualquer pessoa que esteja executando uma distribuição moderna do Linux instale a última versão estável do LibreOffice em um clique ou dois, sem ter que caçar um PPA, lidar com tarballs ou aguardar o repositório da distro empacotá-lo.
O LibreOffice Flatpak está disponível para que usuários possam baixar e instalar desde agosto do ano passado no lançamento do LibreOffice 5.2.
O que é “novo” aqui é o método de distribuição. Em vez de liberar atualizações através de seu próprio servidor dedicado, a Document Foundation optou por usar o Flathub.
Esta é uma ótima notícia para os usuários finais, pois significa que é um repositório a menos para se preocupar, mas também é uma boa notícia para os defensores do Flatpak: o LibreOffice é o pacote de produtividade mais popular do mundo open source.
No momento da redação, você pode instalar o LibreOffice 5.4.2 da Flathub. Novos lançamentos estáveis serão adicionados quando forem lançados.
 

Como habilitar o Flathub no Ubuntu?

Usuários do Fedora, Arch e Linux Mint 18.3 têm o Flatpak instalado por padrão. O Mint também vem com o Flathub remoto pré-habilitado. Para ter o Flatpak em funcionamento no Ubuntu, primeiro você deve instalá-lo:

sudo apt install flatpak gnome-software-plugin-flatpak

 
Para poder instalar aplicativos do Flathub, você precisa adicionar o servidor remoto Flathub:

flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

 
Basta reiniciar (para que o Ubuntu atualize seu cache) e você pode encontrar qualquer aplicativo Flatpak disponível no Flathub através do Ubuntu Software.
Neste caso, procure “LibreOffice” e localize o resultado que tenha uma linha de texto abaixo mencionando o Flathub. (Tenha em mente que o Ubuntu ajustou o cliente de software para mostrar os resultados do aplicativo Snap acima de tudo, então você pode precisar rolar para baixo a lista de resultados para vê-lo).
LibreOffice
Para não perder nenhum lançamento do SempreUpdate, siga nosso grupo no Telegram.

Emanuel Negromonte
Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Ubuntu 16.04 LTS vai receber uma grande atualização da Canonical

Previous article

Emmi Linux uma distribuição GNU/Linux que tem tudo para ser diferente!

Next article

You may also like

More in Dicas