in

OpenMandriva Lx 4.1 entra em desenvolvimento

Ele vem com o KDE Plasma 5.17, Linux Kernel 5.3 e também acompanha todas as atualizações de software mais recentes do KDE.

OpenMandriva Lx 4.1 entra em desenvolvimento

O OpenMandriva Lx 4.1 entra em desenvolvimento prometendo muitas novidades. A OpenMandriva Association anunciou o lançamento da primeira versão de pré-lançamento do sistema operacional OpenMandriva Lx 4.1. Esta é, portanto, a primeira grande atualização da série OpenMandriva Lx 4.

O OpenMandriva Lx 4.1 agora está oficialmente em desenvolvimento

OpenMandriva Lx 4.1 entra em desenvolvimento

Uma primeira versão alpha está pronta para testes públicos com o ambiente de desktop KDE Plasma 5.17.2 mais recente. Ele vem acompanhado pelos pacotes de aplicativos KDE Applications 19.08.3 e KDE Frameworks 5.64.0, todos construídos com base no novo Qt 5.14. Ele também é fornecido com o kernel do Linux 5.3.9 e uma cadeia de ferramentas atualizada criada com o Clang 9.0 e o Glibc 2.30.

Como o OpenMandriva Lx é uma das primeiras e poucas distribuições GNU/Linux a usar o Clang como compilador padrão, em vez do GCC (GNU Compiler Collection), a equipe de desenvolvimento decidiu que é hora de enviar um kernel Linux também compatível com o compilador Clang. No entanto, por enquanto, não está ativado por padrão e continua sendo um recurso experimental.

Também fornecemos um kernel compilado pelo OpenMandriva Clang, chamado kernel-release-clang. O usuário pode instalar a mesma versão do kernel-release e do kernel-release-clang para comparação. Ele é construído a partir das mesmas fontes que o pacote normal do kernel, mas foi construído usando a cadeia de ferramentas Clang em vez do GCC, disse OpenMandriva.

Suporte para desktops alternativos e correções de bugs

OpenMandriva Lx 4.1 entra em desenvolvimento

Também novo na próxima versão do OpenMandriva Lx 4.1 é o suporte à instalação de ambientes de desktop alternativos no KDE Plasma, que é usado por padrão. Esta versão do OpenMandriva Lx também suporta inicialização e instalação em sistemas com e sem UEFI, mas não suporta particionamento de configurações de LVM e RAID com o instalador do Calamares.

O OpenMandriva Lx 4.1 também contém inúmeras correções de bugs, especialmente uma correção para um grande problema na porta do ARM, que causou falha na compilação de vários pacotes.

Você pode fazer o download do OpenMandriva Lx 4.1 Alpha agora mesmo, se quiser testá-lo. No entanto, lembre-se de que essa versão inicial do desenvolvimento não está pronta para nenhum trabalho de produção.

Fonte: Softpedia

 

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.