in

Parrot OS lança versão beta v4.8

Esta é uma boa alternativa ao Kali Linux

E a onda de distros voltadas à segurança e anonimato não termina. Agora chegou a vez do lançamento do sistema operacional Parrot OS. Depois de um longo período de espera, todos os hackers éticos e pentesters estão comemorando ansiosamente a chegada das últimas atualizações e novas funcionalidades para o próximo Parrot OS que lança a nova versão beta 4.8. Veja a seguir os detalhes sobre o Parrot OS beta v4.8.

Deste modo, recentemente, durante uma discussão na comunidade, Irene Pirrotta, desenvolvedora principal do Parrot OS, lançou a nova versão beta4 do Parrot OS 4.8. O teste beta inclui várias reestruturações de projetos e alterações de componentes.

O que há de novo na versão 4.8 beta que o Parrot OS?

Parrot OS beta v4.8

O Parrot OS reprojeta toda a infraestrutura e muda para a nova instância do GitLab. Além disso, passa a adotar também o chamado docker-compose para automatizar e configurar os novos aplicativos de maneira muito mais eficaz.

Além da reorganização dos projetos, o Parrot OS retira alguns pacotes pré-instalados, como KeePass X, Shotwell, Rhythmbox e Vinagre. No entanto, você ainda pode instalá-los separadamente depois, caso deseje, sem nenhum problema.

Por que houve remoção?

A resposta é simples. A remoção de pacotes leva a uma redução no tamanho ISO da edição inicial de 2 GB para 1,6 GB e na edição de segurança de 4,1 GB para 3,9 GB.

Outra mudança crucial que o Parrot OS 4.8 traz é a remoção de uma partição e inicialização separada. Agora você não precisa criar uma pasta de inicialização para acessar alguma partição restrita ou criptografada. Então, o grub2 suporta o sistema de arquivos btrfs completo com compactação zstd.

Se você quiser testar a versão beta, pode fazer o download da ISO beta aqui.