Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

14/09/2021 às 17:30

7 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

PeerTube 3.4 chega com novo sistema de filtragem de vídeo

Ele é uma alternativa ao Youtube e outros serviços semelhantes.

PeerTube 3.4 chega com novo sistema de filtragem de vídeo

A nova versão do “PeerTube 3.4” já foi lançada. Algumas mudanças importantes foram feitas, entre elas, a inclusão de um novo sistema de filtragem, bem como a capacidade de inscrever um nó completo em um canal. Melhorias de pesquisa e mais.

Para quem não está familiarizado, saiba que o PeerTube oferece uma alternativa independente de fornecedor ao YouTube, Dailymotion e Vimeo, usando uma rede de distribuição de conteúdo baseada em comunicações P2P e conectando os navegadores dos visitantes.

PeerTube é baseado no uso de um cliente BitTorrent, WebTorrent, que é executado em um navegador e usa a tecnologia  WebRTC  para organizar um canal de comunicação P2P direto entre navegadores, e o protocolo ActivityPub, que permite que servidores de vídeo distintos sejam combinados em uma rede federada comum , em que os visitantes participam da entrega de conteúdo e podem se inscrever em canais e receber notificações sobre novos vídeos.

Atualmente , existem mais de 900 servidores para hospedar conteúdo, apoiados por diversos voluntários e organizações. Se o usuário não estiver satisfeito com as regras para postar vídeos em um servidor PeerTube específico, ele pode se conectar a outro servidor ou iniciar seu próprio servidor.

PeerTube oferece uma alternativa independente de fornecedor para YouTube, Dailymotion e Vimeo, usando uma rede de distribuição de conteúdo baseada em comunicações P2P e conectando os navegadores dos visitantes. Os desenvolvimentos do projeto são distribuídos sob a licença AGPLv3.

Principais novos recursos do PeerTube 3.4

Nesta versão da plataforma, uma das novidades que se destaca é a implementação de um novo sistema de filtragem de vídeo que permite a qualquer utilizador filtrar em qualquer página de vídeo, incluindo páginas de contas, canais, páginas com vídeos adicionados recentemente e que vão ganhando popularidade . Além dos modos de classificação disponíveis anteriormente, foi adicionada a capacidade de classificar e filtrar por idioma, restrições de idade, fonte (vídeos locais e materiais de outros servidores), tipo (ao vivo, VOD) e categorias. Para gerenciar os filtros, um botão especial foi adicionado no canto superior esquerdo de cada página de vídeo.

Outra novidade que se destaca no PeerTube 3.4 é que a capacidade de inscrever um nó completo em um canal ou conta específica foi adicionada sem habilitar o link federado para o nó que hospeda o canal ou usuário selecionado. As inscrições são feitas no menu de administração por meio da seção Avançar na guia Federação.

Também foi fornecido suporte para poder filtrar os resultados da pesquisa pelos sites a partir dos quais os vídeos encontrados são distribuídos. Por exemplo, se você sabe que um determinado nó possui uma coleção bem formada em um determinado tópico, pode limitar a saída dos resultados apenas a este nó.

PeerTube 3.4 chega com novo sistema de filtragem de vídeo

PeerTube 3.4 chega com novo sistema de filtragem de vídeo

Por outro lado, destaca-se também que foi adicionado suporte integrado para poder salvar arquivos de vídeo em diferentes armazenamentos de objetos como o Amazon S3, que permite aos administradores de sites armazenar vídeos em sistemas que alocam espaço de forma dinâmica de acordo com as necessidades do usuário.

Finalmente, no anúncio da nova versão é mencionado que a biblioteca HLS.js usada no reprodutor de vídeo PeerTube foi atualizada, já que agora o PeerTube agora detecta e lembra a largura de banda do usuário.

Anteriormente, o player usava “qualidade média” por padrão e você pode ter notado uma mudança de qualidade após alguns segundos se tiver uma boa conexão de rede. Agora o player identifica automaticamente a última largura de banda usada e escolhe a resolução mais adequada. Isso permite que você comece a transmitir em alta ou baixa qualidade imediatamente, em vez de usar o nível de qualidade médio padrão e voltar a uma resolução aceitável somente após alguns segundos.

Finalmente, se você estiver interessado em saber mais sobre esta nova versão do PeerTube ou sobre ela em geral, você pode verificar os detalhes no link a seguir.

Via Desde Linux

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.