in

Pengwin: Um Linux desenvolvido exclusivamente para o Windows Subsystem for Linux

Quem estava feliz em ver um pedaço do Linux rodando no Windows, agora pode comemorar mais um feito!

Quem não lembra a parceria da Microsoft com a Canonical em 2016? Pois é, na época ninguém conseguia acreditar. Mas, o leque de possibilidades aumentaram, com os passar do tempo, outras parceria foram firmadas, e agora é possível executar no Windows 10 o Ubuntu, Debian, Kali, openSUSE, SUSE Linux Enterprise Server (SLES).

Mas, eis que mais um passo é dado no mundo Linux, agora é possível executar uma distribuição completa criada especificamente para o Windows Subsystem for Linux. Apresentamos o Pengwin, uma distribuição Linux baseada no Debian e no Microsoft Reasearch.

A distribuição conta com mais de 25.300 pacotes distribuídos sob código aberto, os repositórios são compatíveis com a versão estável do Debian. Além disso, é possível utilizar todas as ferramentas de gerenciamento de pacotes Debian, inclusive o aptitude.

A Pengwin inclui o pengwin-setup para ajudar a configurar o ambiente de trabalho o mais rápido possível. Instale em poucos cliques as ferramentas Python, Go, Ruby, NodeJS, PowerShell e Nuvem do Azure, entre outras. Para manter o sistema sempre atualizado, basta ter a versão mais recente do wlinux-setup para ter acesso aos recursos mais recentes.

Muitos aplicativos GUI do Linux são executados no Pengwin com um servidor X de terceiros instalado no Windows. Escolha entre X410, VcXsrv, Xming ou Xmanager. O projeto recomenda o uso do X410. O Pengwin é distribuído com configurações customizadas para melhorar o desempenho do aplicativo GUI no Windows.

O Pengwin não faz emulação ou funciona em uma máquina virtual, a camada do WSL executa os binários do Linux de forma nativa, traduzindo o syscalls do Linux para o syscalls do Windows. Instale e use as mais recentes ferramentas de aprendizado de máquina de código aberto, inteligência artificial e ciência de dados diretamente no Windows.

Acesse sua unidade C:\ em /mnt/C automaticamente. Copie e cole do Visual Studio para o Emacs. Abra o Word a partir do zsh. Pipe ifconfig.exe saída em um script Python. É um mundo híbrido. A Pengwin preenche a lacuna entre o Windows e o Linux. A Pengwin também inclui instalações para facilitar o trabalho no mundo híbrido.

Tenha também o Apache, PostgreSQL, MySQL, ngnix, NodeJS, npm e PHP. Crie e execute seu aplicativo Web no Pengwin usando as melhores ferramentas, plug-ins e bibliotecas que o código-fonte aberto tem a oferecer. O Pengwin é particularmente útil para novos desenvolvedores de frontend no Linux.

Pengwin é a primeira distribuição Linux criada especificamente para a WSL. Foi criado por usuários da WSL que reconheceram o potencial da plataforma. O projeto é de código aberto e a contribuição da comunidade é altamente incentivada. Por hora, o sistema possui duas bases distintas, uma com o Debian e outra com o Fedora.

O Pengwin custa quase dez dólares na Microsoft Store. Além disso, você deve estar executando o Windows 10 versão 16215 ou superior para executar o mesmo. Quer saber mais sobre o Pengwin, acesse o site da distribuição!

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

GLPI

Como instalar o GLPI para Service Desk no Debian e derivados!

smartphone-librem-5-tem-novos-avancos

Smartphone Librem 5 tem novos avanços