PHP vs PHP-FPM: Entenda as diferenças e suas vantagens

Emanuel Negromonte
6 minutos de leitura

O PHP (Hypertext Preprocessor) é uma linguagem de programação amplamente utilizada para o desenvolvimento de sites e aplicativos web. No entanto, muitas pessoas podem confundir ou não entender a diferença entre o PHP e o PHP-FPM. Neste artigo, vamos explorar com mais detalhes as diferenças entre eles e como são usados em conjunto para fornecer um ambiente de execução eficiente para aplicativos PHP.

O que é PHP?

O PHP é uma linguagem de programação do lado do servidor que permite aos desenvolvedores criar aplicativos dinâmicos e interativos para a web. Ele é especialmente útil para a criação de sites populares, blogs, fóruns e lojas online. O PHP é compatível com uma ampla variedade de servidores web, incluindo o popular Apache e o Nginx.

Uma das vantagens do PHP é sua facilidade de uso e flexibilidade. Ele oferece uma sintaxe simples e poderosa para escrever código, além de uma vasta quantidade de bibliotecas e frameworks que facilitam o desenvolvimento de aplicativos robustos. Com o PHP, é possível interagir com bancos de dados, manipular arquivos, enviar e-mails, realizar operações matemáticas e muito mais.

O que é o PHP-FPM?

O PHP-FPM (PHP FastCGI Process Manager) é um gerenciador de processos FastCGI para o PHP. O FastCGI é um protocolo de comunicação que permite a execução de scripts PHP de forma mais eficiente e rápida. O PHP-FPM é um complemento ao PHP que fornece um pool de processos pré-carregados para lidar com solicitações PHP, melhorando significativamente o desempenho de sites e aplicativos PHP.

Ao contrário do PHP padrão, que é executado como um módulo dentro do servidor web, o PHP-FPM é executado como um processo independente. Ele gerencia a comunicação entre o servidor web e os processos PHP, aumentando a capacidade de processamento e a estabilidade do servidor. Inclusive temos um tutorial sobre como configurar o php-fpm para reduzir o consumo de memória RAM.

Principais diferenças entre PHP e PHP-FPM

Agora que entendemos o básico do PHP e do PHP-FPM, vamos explorar em mais detalhes as principais diferenças entre eles:

  1. Arquitetura: O PHP é executado como um módulo dentro do servidor web, enquanto o PHP-FPM é executado como um processo separado. Essa arquitetura separada permite que o PHP-FPM tenha um controle mais eficiente sobre o gerenciamento de processos e recursos.
  2. Gerenciamento de processos: O PHP padrão utiliza um modelo de processo por solicitação, onde cada solicitação PHP cria um novo processo para lidar com a execução do código. Isso pode consumir mais recursos do servidor, especialmente em cenários de alto tráfego. O PHP-FPM, por outro lado, utiliza um pool de processos pré-carregados, que podem lidar com várias solicitações sem a necessidade de criar processos adicionais a cada vez. Isso reduz a sobrecarga de recursos e melhora a capacidade de resposta do servidor.
  3. Escalabilidade: O PHP-FPM permite que os desenvolvedores configurem facilmente o número de processos disponíveis no pool. Essa flexibilidade facilita a escalabilidade do aplicativo, pois é possível ajustar dinamicamente a quantidade de processos de acordo com a demanda de tráfego do site. Isso garante que o servidor PHP esteja dimensionado adequadamente para lidar com uma carga variável de solicitações.
  4. Desempenho: O PHP-FPM é geralmente mais rápido e eficiente no processamento de solicitações PHP, devido ao seu modelo de execução de processos pré-carregados. Como os processos já estão prontos para receber solicitações, o tempo de espera para iniciar a execução do código é reduzido. Isso resulta em uma melhor experiência para os usuários finais, com páginas carregando mais rapidamente e menor consumo de recursos do servidor.

Em resumo, o PHP é a linguagem de programação do lado do servidor, enquanto o PHP-FPM é um complemento que fornece um gerenciador de processos FastCGI para uma execução eficiente e escalável de scripts PHP. Juntos, eles oferecem um ambiente de execução de alto desempenho para aplicativos web.

Utilizando PHP e PHP-FPM juntos

Geralmente, o PHP-FPM é usado em conjunto com um servidor web como o Nginx ou o Apache. Essa combinação oferece um ambiente de execução eficiente para aplicativos PHP, aproveitando os benefícios do protocolo FastCGI e do gerenciamento de processos do PHP-FPM.

Para usar o PHP-FPM, é necessário configurar o servidor web para se comunicar com o PHP-FPM. Isso envolve a definição de diretivas de configuração adequadas no arquivo de configuração do servidor web. A configuração pode variar de acordo com o servidor web e o sistema operacional utilizado.

Esperamos que este artigo detalhado tenha esclarecido as diferenças entre o PHP e o PHP-FPM e como eles funcionam juntos para fornecer um ambiente de execução eficiente para aplicativos PHP. Compreender as vantagens do PHP-FPM pode ajudá-lo a otimizar o desempenho do seu site ou aplicativo, garantindo uma experiência mais rápida e estável para os usuários finais. Ao utilizar o PHP juntamente com o PHP-FPM, você estará aproveitando todo o potencial dessa poderosa linguagem de programação.

Share This Article
Follow:
Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.