in

Proton 3.16-8 disponível com DXVK 1.0 e correções de jogos Unity

A nova versão adiciona várias melhorias para ajudar os jogos do Windows no Linux, principalmente para reforçar sua funcionalidade “Steam Play”.

Wine 4.0.1 foi lançado

A Valve lançou o Proton 3.16-8 como seu mais novo lançamento para o seu fork do Wine. Portanto, a nova versão adiciona várias melhorias para ajudar os jogos do Windows no Linux, principalmente para reforçar sua funcionalidade “Steam Play”.

O Proton é uma ferramenta para uso com o cliente Steam, que permite que jogos exclusivos do Windows sejam executados no sistema operacional Linux. Ele utiliza o Wine para facilitar isso.

A maioria dos usuários prefere usar o Proton fornecido pelo próprio cliente Steam. O código-fonte é fornecido para permitir aos usuários avançados a capacidade de alterar o Proton. Por exemplo, alguns usuários podem querer usar uma versão diferente do Wine com um título específico.

As mudanças

O Proton 3.16-8 é esse novo lançamento e a mudança mais aparente é a atualização para o DXVK 1.0, que traz melhorias de desempenho e outros aprimoramentos para essa camada D3D10/D3D11-over-Vulkan.

A versão 3.16-8 também tem:

  • uma correção para jogos Unity em torno do cursor do mouse;
  • correção para suporte de rede em alguns jogos;
  • melhor suporte a API Steam Works para uma variedade de jogos;
  • e correções para jogos Direct3D 9 (como Final Fantasy XI) em determinado hardware.

Como obter

Aqueles que usam o Proton a partir do código-fonte, em vez de apenas buscá-lo via Steam, podem mudar para este último código via GitHub.

A Valve ainda não fez a transição do Proton para o Wine 4.x, porém isso deve ocorrer em breve.

A fonte mais atual para a Proton está aqui: https://github.com/ValveSoftware/Proton

Além disso, você pode clonar no seu sistema com este comando:

git clone https://github.com/ValveSoftware/Proton.git proton

Depois de clonar o repositório Proton, o próximo passo será obter os vários submódulos que vão construir o Proton:

cd proton
git submodule update --init

Se você deseja alterar qualquer subcomponente, agora é a hora de fazer isso. Por exemplo, se você desejar fazer alterações no Wine, você aplicaria essas alterações ao diretório wine/.

O restante do processo de compilação está na página já citada do GitHub.

Fonte

Written by Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Malware atinge plataformas Slack e Github

Malware atinge plataformas Slack e Github

GNOME 3.33.2 lançado como outro passo em direção ao desktop GNOME 3.34

Gnome 3.32 tem última versão de testes antes de lançamento oficial