in

Proton tem versão 4.11 lançada

O software é baseado no Wine e adiciona D9VK Direct3D 9, melhor Utilização da CPU e DXVK 1.3

DXVK 1.3.3 lançado com poucas mudanças

Os desenvolvedores de Linux da Valve lançaram o Proton 4.11 como o mais novo lançamento de seu software baseado em Wine que alimenta o Steam Play. Para quem ainda não conhece, ele serve para executar jogos do Windows no Linux sob o cliente Steam. Então, o Proton tem versão 4.11 lançada e adiciona D9VK Direct3D 9, melhor Utilização da CPU e DXVK 1.3.

Proton tem versão 4.11 lançada com base em arquivos recentes do Wine

O Proton 4.11 é um dos grandes com a mudança de chave. Do mesmo modo, 154 patches do Proton 4.2 foram reaproveitados ou descartados. Também usou uma nova base do Wine 4.2 para o Wine 4.11. Esta grande atualização do Wine traz “mais de 3.300 melhorias”, estando agora perto do estado upstream do Wine.

Além disso, o Proton 4.11 leva as coisas adiante enviando agora o D9VK (v0.13f) como a implementação experimental do Direct3D 9 baseada em Vulkan que vem ganhando força recentemente para aqueles que o utilizam para uma experiência de jogo D3D9 Linux mais rápida. 

Porém, por enquanto, esse suporte a D9VK só é ativado por meio da configuração PROTON_USE_D9VK. Enquanto isso, para suporte mais recente ao Direct3D-over-Vulkan, o DXVK 1.3 chegou ao Proton 4.11.

Outras alterações do novo Proton

Outro trabalho no Proton 4.11 inclui um suporte experimental para primitivas de sincronização em processo baseadas em futex. Assim, ajuda com menor uso de CPU comparado com o Esync (embora dependa de patches de kernel ainda não mesclados);

  • suporte para novos SDKs do OpenVR, FAudio 19.07;
  • mais trabalho no suporte a sistemas DRM/anti-fraude;
  • e várias outras atualizações e correções.

Outra mudança bem interessante é que um monte de “módulos” do Wine agora são construídos como arquivos do Windows PE em vez de bibliotecas do Linux. Isso ajudará alguns sistemas de DRM e anti-cheat à medida que o trabalho progride nele.

Proton tem versão 4.11 lançada

A Valve também exibiu alguns patches glibc de prova de conceito, para expor os patches de Kernel como parte da biblioteca pthread para que tudo funcionasse. Eles disseram que, se tudo for bem,

alcançaríamos ganhos de eficiência adotando-os em aplicativos nativos massivamente segmentados, como o Steam e o mecanismo Source 2. 

Você pode ler mais sobre tudo o que funciona neste post no fórum Steam e instruções de teste do fsync aqui .

Mais detalhes sobre a enorme atualização do Proton 4.11 você encontra via GitHub.

Via

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Chrome 76 é lançado

Chrome 76 é lançado

avaliando-o-linux-lite-4-6-rc1-confira-um-pequeno-review-3

Avaliando o Linux Lite 4.6 RC1, confira um pequeno review!