in

QEMU 5.0 é lançado

Este é um importante emulador de código aberto para virtualização Linux.

QEMU 5.2 lançado para melhorar virtualização de código aberto do Linux

Os fãs de virtualização de sistemas estão comemorando a chegada do novo QEMU 5.0 que está disponível para este emulador de processador, que é uma peça essencial para a pilha de virtualização do Linux. Com o programa, é possível executar sistemas operacionais para qualquer máquina, em qualquer arquitetura suportada.

O QEMU é um emulador e virtualizador de máquinas de código aberto e genérico.

Quando usado como um emulador de máquina, o QEMU pode executar SOs e programas criados para uma máquina (por exemplo, uma placa ARM) em uma máquina diferente (por exemplo, seu próprio PC). Sempre com um desempenho muito bom.

Quando usado como virtualizador, o QEMU alcança um desempenho quase nativo executando o código de convidado diretamente na CPU do host. O QEMU suporta virtualização ao executar no hipervisor Xen ou ao usar o módulo do kernel KVM no Linux. Ao usar o KVM, o QEMU pode virtualizar convidados x86, servidor e PowerPC incorporado, POWER de 64 bits, S390, ARM de 32 e 64 bits e MIPS.

Algumas das grandes mudanças encontradas no QEMU 5.0 que acaba de ser lançado incluem:

QEMU 5.0 é lançado

  • Suporte ao VirtIO-FS para melhor compartilhamento de arquivos e pastas entre hosts e VMs;
  • O Dbus-VMstate é um novo back-end para permitir que processos externos migrem seus dados junto com o QEMU;
  • O suporte ao Bluetooth foi retirado do QEMU, pois não foi mantido e provavelmente foi interrompido por algum tempo;
  • Emulação de mais recursos da arquitetura ARMv8. A CPU Cortex-M7 também é agora suportada;
  • Suporte TPM para ARM;
  • Emulação de novos recursos do ARMv8 como RCPC, PMU, CCIDX, RCPC, TTCNP e outros;
  • Suporte descontinuado para suporte ao host ARM de 32 bits, em etapa como kernel Linux descartando o suporte Arm KVM de 32 bits.
  • O QEMU 5.0 possui suporte experimental para a extensão do hypervisor de rascunho do RISC-V v0.5.

QEMU 5.0 é lançado

Mais detalhes e links para download do QEMU 5.0 no site do projeto em QEMU.org.

Do mesmo modo, veja as dicas de instalação via linha de comando neste link.

Então, baixe os pacotes para cada distro:

  • Arch:

pacman -S qemu

  • Debian/Ubuntu:

apt-get install qemu

  • Fedora:

dnf install @virtualization

  • Gentoo:

emerge --ask app-emulation/qemu

  • RHEL/CentOS:

yum install qemu-kvm

  • SUSE:

zypper install qemu

Da mesma forma que para o Linux, o Qemu possui pacotes disponíveis também para macOS e Windows, além do código fonte do programa.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Lançado o Red Hat Enterprise Linux (RHEL) 8.2

Lançado o Red Hat Enterprise Linux (RHEL) 8.2

APUs AMD de última geração terão suporte DDR5 e gráficos Navi 2

Plano interno da AMD mostra suporte nativo a DDR5 e USB 4.0 chegando em 2022