in

Qt4 deve ser removido do Ubuntu e Debian em breve!

A sugestão foi dada, e pelo o que tudo indica, a remoção deve acontecer!

qt4-deve-ser-removido-do-ubuntu-em-breve

Quando falamos em Qt logo lembramos do KDE, claro, a linguagem é usada no desenvolvimento do ambiente, no entanto, as equipes que trabalham com a linguagem já não estão mais usando o Qt4, no entanto, permanecem usando o Qt5 o que faz a versão anterior antigas e até obsoleta.

Para se ter uma ideia, a equipe do KDE Plasma já não usa mais o Qt 4 a muito tempo, no entanto, as versões anteriores do KDE e até ambientes baseados no KDE em sua versão mais antiga tem adotado o Qt5. Neste momento, sabemos que a equipe do Debian já está seguindo esta linhagem, de remover de vez o Qt4 e isso já tem data marcada que será já no lançamento do Debian 10 “Buster”.

Essa mudança foi iniciada pelo Debian, porque foi descoberto que o Qt4 esta causando problemas graves no sistema e por conta disso é urgente a necessidade de migrar imediatamente para o Qt5, um dos problemas mais popular foi o do suporte do OpenSSL 1.1, que inclusive foi um dos problemas reportado pelo desenvolvedor Ubuntu Simon Quigley. Ele também disse que atualmente nenhum pacote depende do qt4-x11 e nem de qualquer pacote que dependa diretamente ou indiretamente dele, o que torna um ambiente propício para mudança.

Pacotes devem ser removidos e o LibreOffice KDE está na lista

Atualmente há uma lista de mais de 330 pacotes marcados para remoção, e nesta lista estão inclusos o libreoffice-kde, LightDM e todo o KDE 4 Stack. No entanto, a única forma de não serem removidos é atualizar para o framework Qt5, e não é só isso, há muitos pacotes antigos e sem utilidade alguma que já estão na limpeza, e o critério é de fato a falta de atualização e manutenção dos pacotes.

Todos os desenvolvedores de aplicações Qt devem atualizar seus pacotes urgentemente para o Qt5 ou a lista de remoção de pacotes vai dobrar caso isso não ocorra, o prazo vai até o lançamento do Ubuntu 19.04 que só terá suporte ao Qt5.

Já o Ubuntu 18.04 LTS permanecerá com o suporte mesclado, tanto para Qt 4 quanto para Qt 5 devido que os usuários do Ubuntu 16.04 LTS devem migrar para a nova versão LTS. Atualmente a sugestão é que o Ubuntu 18.10 já seja o primeiro a começar a ter suporte somente ao Qt5, mas ainda não foi confirmado.

Como a decisão pegou todos de surpresa, não sabemos o que os desenvolvedores de aplicações Qt estão pensando sobre o assunto, afinal podemos ficar por um tempo sem determinadas aplicações ou eles podem fazer a atualização o quanto antes, eis o dilema.

Vamos continuar acompanhando, e verificar o que vai acontecer nos próximos capítulos.

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

linux-mint-19-tara-sera-lancado-em-junho-e-com-novidade

Linux Mint 19 “Tara” será lançado em junho e com novidade!

suspensao-automatica-ainda-e-um-problema-no-ubuntu-18-04

Suspensão automática ainda é um problema no Ubuntu 18.04