Comissão Europeia aprova a compra do Github pela Microsoft

Muita gente ficou espantado em torno da atitude da Microsoft na última quinta-feira (11), quando a Microsoft disse que vai proteger o Linux, uma empresa tida como capitalista e odiada por muitos usuários do GNU/Linux resolveu abrir mão de bilhões para proteger o Linux, e você não leu errado. Agora, a Microsoft faz parte da OIN (Open Innovation Network) e resolveu tornar públicas cerca de 60.000 patentes, o que vai livrar o mundo Linux de muitos problemas em torno das patentes.

Agora, mais de 2.650 membros que também compõe a OIN, vão ter acesso a todo esse rico e bilionário portfólio da Microsoft, mas não se anime, se você queria ter acesso as patentes ligadas ao Windows desista, isso ela não liberou.

Na Microsoft, consideramos que os desenvolvedores não querem uma escolha binária entre o Windows versus o Linux, ou o .NET vs Java – eles querem plataformas de nuvem para suportar todas as tecnologias. Eles querem implantar tecnologias no limite – em qualquer dispositivo – que atendam às necessidades dos clientes. Disse o vice-presidente corporativo da Erich Andersen, vice-diretor jurídico.

Quando começou essa relação amistosa entre Microsoft e o Linux?

Começamos essa jornada há dois anos, por meio de programas como o Azure IP Advantage, que estendeu o compromisso de indenização da Microsoft a softwares de código aberto que potencializam os serviços do Azure. Dobramos esta nova abordagem quando estivemos com a Red Hat e outros, para aplicar os princípios de “cura” da GPL v.3 ao código GPL v.2, e quando nos juntamos recentemente à LOT Network, uma organização dedicada a abordar o abuso de patentes pelas empresas. disse Andersen.

Segundo a Microsoft, a ideia da empresa entrar para OIN nada mais é que estimular a entrada de outras empresas, e ao mesmo tempo retribuir de forma generosa aos softwares de código aberto que atualmente são usados nos serviços do Azure, a ideia é aumentar a qualidade e a variedade de aplicações e de cases de sucesso envolvendo o mundo de código aberto.

Nos últimos tempos, as ações da Microsoft vem sendo aceitas com mais brandura, inicialmente a empresa sofreu críticas inclusive nas redes sociais, em até nos posts que publicamos por aqui, mas agora este cenário esta quase que revertido. Todos esses movimentos em favor do Linux, iniciou-se quando Satya Nadella ficou à frente da empresa, e assim começou um novo período de junção entre a empresa e a comunidade OSS, depois do que foi anunciado a liberação das milhares de patente, com certeza muita coisa deve mudar e melhorar, mas isso a longo prazo.

Redação
Este usuário é utilizado quando um post é migrado de um usuário para outro, ou quando alguém envia um conteúdo ao SempreUPdate.

    O smartphone Librem 5 será lançado com o GNOME 3.32

    Previous article

    Como instalar o Plex Media Server via Snap Store no Ubuntu, Fedora, Debian em qualquer distro Linux

    Next article

    You may also like

    More in Notícias