Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais

youtube-duplica-a-acessibilidade-com-novos-recursos

Vídeos

Notícias

14/10/2021 às 15:30

5 min leitura

Avatar Autor
Por Jardeson Márcio

Quase 80% dos processadores Arm para laptops em 2021 ficarão com a Apple

Em segundo lugar, com 18%, ficará com a MediaTek

quase-80-dos-processadores-arm-para-laptops-em-2021-ficarao-com-a-apple
Rate this post

O Strategy Analytics viu um aumento nas remessas de processadores de notebook baseados em Arm. Do montante total, quase 80% dos processadores Arm para laptops em 2021 ficarão com a Apple Além disso, a indústria está se expandindo rapidamente tanto em termos monetários quanto por peça.

No ano passado, estima-se que as remessas de chips Arm para laptops em termos monetários aumentaram nove vezes em relação a 2019. Este ano, como prevêem os especialistas, a indústria terá um crescimento mais do que triplicado. Assim, o volume chegará a US $ 949 milhões (aprox. R$ 5,2 bi).

De acordo com o Strategy Analytics, a Apple detém a maior fatia do mercado com seus processadores M1. Analistas acreditam que em 2021, a Apple receberá 79% da receita total desse segmento. Em segundo lugar estará MediaTek com pontuação de 18%. A Qualcomm ocupa o terceiro lugar e, até o final deste ano contará com apenas 3% do mercado mundial.

Já os embarques de chips Arm para notebooks em peças, segundo analistas, vão mais que dobrar este ano. Com isso, esses processadores vão ocupar mais de 10% do estoque total de chips para notebooks.

Receita de processadores Arm deve triplicar em 2021

quase-80-dos-processadores-arm-para-laptops-em-2021-ficarao-com-a-apple

Sravan Kundojjala, autor do relatório e Diretor Associado do serviço de Tecnologias de Componentes de Aparelhos da Strategy Analytics disse que a Apple e a MediaTek tomaram a iniciativa no mercado de processadores para notebooks baseados na Arm. Segundo ele, a Apple irá capturar quase 80% da receita em 2021, impulsionada por seu Apple Silicon M1. “A MediaTek, por outro lado, ficará em segundo lugar, graças à sua liderança inicial no mercado de processadores Chromebook PC baseados em Arm. ”

Kundojjala disse ainda que “A Qualcomm, apesar de sua estreita parceria com a Microsoft no sistema operacional Windows, não conseguiu fazer uma diferença no mercado de notebooks até agora. A Qualcomm está investindo pesadamente no mercado de computação com a aquisição da Nuvia, e veremos resultados apenas em 2023. No curto prazo, a Qualcomm pode se concentrar em Chromebooks para capturar participação da MediaTek. A Strategy Analytics acredita que os fornecedores de processadores para notebooks baseados na Arm precisarão aumentar o investimento em software e os esforços de marca para competir efetivamente com os fornecedores baseados em x86 Intel e AMD”.

Os números dos três lugares das empresas são bem discrepantes. A Apple com a maioria absoluta, com 73% de diferença do terceiro lugar. O “bolo” é grande, mas é quase todo da Apple. Pes=quenas fatias não pertencem à empresa

Via: Gizchina

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Rate this post

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.