Red Hat libera Application Foundations

Claylson Martins
4 minutos de leitura

O Red Hat Application Foundations é um conjunto de serviços de software para organizações que desenvolvem aplicativos baseados em contêiner em ambientes híbridos e multinuvem. Pois essa novidade acaba de chegar ao portfólio da empresa. Sendo assim, o Application Foundations se baseia no OpenShift da Red Hat, que evoluiu para uma plataforma como serviço (PaaS) para desenvolvimento e implantação com base em contêineres e Kubernetes.

Isso se soma ao conjunto de serviços existente com o objetivo de fornecer um kit de ferramentas para integrar aplicativos e serviços de dados como parte de uma estratégia de modernização de infraestrutura, disse a Red Hat.

O desenvolvimento de aplicativos está passando por mudanças significativas e os desenvolvedores precisam de ferramentas para suportar essa transformação, disse o vice-presidente e gerente geral de serviços de aplicativos da Red Hat, Ken Johnson, em comunicado. 

Nós projetamos o Red Hat Application Foundations com uma mentalidade centrada no desenvolvedor, criada para funcionar perfeitamente com o Red Hat OpenShift para empregar e entregar facilmente aplicativos nativos da nuvem, resultando em um processo simplificado para oferecer um maior valor comercial.

Red Hat libera Application Foundations

O portfólio de serviços de aplicativos deve fornecer aos desenvolvedores componentes prontos para implementar que incluem serviços de streaming de dados de alto desempenho, gerenciamento de API, conectividade de serviço, tempos de execução e estruturas leves e muito mais, de acordo com a Red Hat.

Isso inclui tecnologias de integração e mensagens para conectar aplicativos e dados, como o Red Hat AMQ, que é baseado no Apache ActiveMQ e Apache Kafka, e o Red Hat 3scale API Management.

red-hat-libera-application-foundations

Também estão incluídas várias plataformas de tempo de execução para implantações de aplicativos nativos da nuvem, como a estrutura Java nativa do Quarkus Kubernetes, a plataforma de aplicativos corporativos JBoss da Red Hat, o kit de ferramentas de migração para aplicativos e o Red Hat Data Grid, um armazenamento de dados NoSQL distribuído na memória.

O pool de serviços de aplicativos também inclui ferramentas de automação de processos, como o Red Hat Decision Manager, destinado a construir microsserviços em contêiner para decisões de negócios mais automatizadas, bem como o Red Hat Process Automation Manager, que inclui gerenciamento de processos de negócios (BPM), gerenciamento de regras de negócios (BRM ) e tecnologias de processamento de eventos complexos (CEP).

No entanto, apesar de ter sido projetada e otimizada para OpenShift, a Red Hat afirma que o Application Foundations pode ser usado juntamente com software de parceiros do ecossistema. Do mesmo modo, como recursos internos dos clientes para ajudar as organizações a criar os aplicativos certos para atingir suas metas de negócios.

Segundo a empresa, o Red Hat Application Foundations já está disponível. Assim, os clientes atuais podem entrar em contato com seu executivo de contas se quiserem configurá-lo.

Via TheRegister

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.