in

Reino Unido afirma que russos estavam preparando ataques hackers contra as Olimpíadas de Tóquio

Um grupo de hackers russo conhecido como Sandworm.

O governo do Reino Unido disse que hackers russos estavam preparando ataques contra os organizadores, serviços de logística e patrocinadores das Olimpíadas de Tóquio.

Dominic Raab, ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, disse:

As ações dos [russos] contra os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos são cínicas e imprudentes. Nós os condenamos nos termos mais fortes possíveis.

Russos estavam preparando ataques hackers contra as Olimpíadas

As autoridades britânicas acreditam que os hackers russos pretendiam sabotar os Jogos Olímpicos, semelhante aos ataques que realizaram contra os organizadores dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Reino Unido afirma que russos estavam preparando ataques hackers contra as Olimpíadas de Tóquio
O governo do Reino Unido disse que hackers russos estavam preparando ataques contra os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Em fevereiro de 2018, os hackers russos implantaram o malware OlympicDestroyer que danificou os servidores web durante a cerimônia de abertura. Os ataques foram realizados porque o Comitê Olímpico Internacional proibiu atletas russos de participar do evento sob a bandeira russa, citando um programa de doping patrocinado pelo estado.

A mesma proibição foi estendida aos Jogos Olímpicos de Tóquio, com atletas russos sendo proibidos de competir sob a bandeira russa novamente.

Autoridades do Reino Unido disseram que o responsável por esses ataques planejados foi um grupo de hackers russo conhecido como Sandworm. Autoridades dos EUA acusaram os hackers do Sandworm de orquestrar não apenas os ataques do OlympicDestroyer (2018), mas também uma série de outros ataques.

As autoridades americanas disseram que o grupo de hackers é composto por membros da Unidade 74.455 do Diretório Principal de Inteligência Russa (GRU), uma agência de inteligência militar parte do Exército Russo.

O governo do Reino Unido emitiu uma confirmação formal das acusações dos EUA, mas também expôs e deu um sinal de alarme sobre os ataques iminentes do Sandworm contra os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Fonte: ZDNET

Grupo de hackers do estado iraniano é vinculado a implantações de ransomware

Microsoft acusa hackers ligados à China de infectarem o Azure

Pagar hackers para procurar falhas em softwares ou serviços está se tornando cada vez mais comum