in

RetroPie 4.6 disponível com suporte a Raspberry 4

Com o lançamento de 28 de abril finalmente foi lançado uma versão compatível com Raspberry Pi 4.

logo retropie
Imagem: Reprodução site oficial.

Foi lançado no último dia 28, o Retropie 4.6 e, para a alegria dos fãs da distro, a versão disponível conta com suporte ao Raspberry Pi 4.

RetroPie 4.6 disponível

No decorrer do ultimo dia 28, foi anunciado no site oficial o lançamento do Retropie 4.6. Como descrito mais abaixo, várias novas funcionalidades foram inclusas nesta versão. Dentre elas vou descrever as principais:

  • As imagens do RetroPie agora são baseadas no Raspbian Buster – Stretch não é mais suportado pelo Raspberry Pi (Trading) ltd. O RetroPie deixará de atualizar os binários pré-criados para o Stretch no final do ano.
  • RetroArch atualizado para v1.8.5.
  • EmulationStation atualizado para v2.9.1.

Porém, nenhum dos motivos descritos aqui ou no site oficial são melhores do que a que segue:

Suporte a Raspberri Pi 4

Afinal, o que mais se esperava da plataforma era o suporte ao modelo mais novo da tão amada plaquinha. Sendo assim, agora podemos baixar e instalar o sistema nos melhores modelos deste hardware.

Mas preciso avisar que a versão do Retropie 4.6 lançada é considerada pelo time de produção como um Beta. Portanto podem haver alguns problemas na execução e travamentos inesperados ou outras falhas.

Leia também: Descontão: Raspberry Pi 4 com 2GB RAM tem queda de preço

Entretanto, a vontade de usar o sistema logo é tão grande que, é claro, a princípio esse “detalhe” não será empecilho.

Então, se ainda assim deseja baixar a versão mais nova do sistema, basta clicar aqui para acessar o site e realizar o download.

A princípio já aviso que a taxa de download não está lá essas coisas, aqui girando na casa de 500Kbps. Visto que o acesso aos servidores deve estar sobrecarregado devido ao lançamento, eventualmente, isso não seria surpresa.

Apesar de tudo, sim, aconselho os testes dessa nova versão. Com o propósito de divertimento, é claro que vale o esforço.

Sem mais por enquanto, convido a todos para que entrem em nosso grupo no Telegram. Lá você tira suas dúvidas, ajuda outros da comunidade Linux e Software livre e consequentemente faz amigos. Sejam bem vindos.

Até a próxima.

Escrito por Frédney Ramllo Moronari

Analista de Sistemas por formação e amante de tecnologia de coração. Usuário de sistemas Linux desde 1998, entusiasta pela liberdade de escolha e pela disseminação de conteúdo. Ciclista amador nas horas vagas.