in

Review da Hospedagem Godaddy 2019

Será que a hospedagem da Godaddy é boa?

review-da-hospedagem-godaddy

Se você que começar um site, então esse artigo é para você. Godaddy é sem dúvida uma das maiores empresas de hospedagem, inclusive esta categorizada como a maior registradora de domínios do mundo, ultrapassando a marca de 40 milhões de domínios conforme a ICANN. A empresa atualmente é comandada por CEO: Blake Irving até o final deste ano. Confira o nosso review da hospedagem de sites Godaddy.

A Godaddy ficou conhecida no Brasil após suas propagandas usando como mascote um cachorro da raça pug, em alguns casos ele aparece em frente a uma bola de cristal, em outros como um orientador para as pessoas que querem causar impacto na internet, e a resposta é Godaddy.

No entanto, será mesmo que a hospedagem Godaddy é boa? O que deve ser levado em consideração na hora de contratar um serviço de hospedagem para o seu site? Confira então o nosso review.

Avaliação descritiva dos serviços Godaddy

Neste review vamos avaliar o cenário geral da Godaddy. O serviço funciona, no entanto, muita gente reclama na entrega de processamento. Dentro do Cpanel da Godaddy você consegue fazer upgrade de recursos como processador, memória RAM, processos de entrada.

Mas, parece que o processamento não é entregue de maneira satisfatória. Fizemos upgrade para o último item possível, os upgrades não são baratos, mas mesmo assim parece que a única coisa que funciona mesmo é a memória, então se você precisa de uma hospedagem de site com ótimo gerenciamento de memória RAM e processo de entradas, a Godaddy é uma boa opção.

Mas se você precisa de processamento, compre um plano Cloud, dedicado ou VPS, compartilhado não é uma boa ideia. Para usuários do WordPress ou Joomla, você consegue usar, no entanto com no máximo 4 plugins rodando no seu plano, mais que isso, você terá quedas, lentidões e que ao ligar para o atendimento ao cliente, ninguém, eu disse ninguém, vai saber como te ajudar.

E o atendimento da Godaddy como é?

Ao ligar no atendimento, você vai encontrar um equipe de suporte despreparada e que não fazem nenhum esforço para corrigir problemas, mas, eles são altamente preparados para orientar os clientes a fazer upgrade de planos, comprar serviços e assim aumentar a renda da Godaddy e possivelmente bater suas metas, parece até que o suporte técnico é no televendas.

E não adianta reclamar, você nunca terá retorno de qualquer coisa que você pedir para verificarem posteriormente. O suporte não é 24 horas e há um horário fixo para atendimento em português, como também, não há chat, ticket ou 0800 para você ligar, você vai ligar para um número onde você paga a chamada normalmente.
Uma dica, tente resolver o seu problema naquele momento durante a chamada mesmo que você passe mais de 1 hora no telefone, depois pode ser tarde demais, e eles sempre esquecem de registrar o que foi conversado anteriormente.

Se você tem um site básico, sem tantas visitas ou com baixo número de postagens, é uma excelente opção. Mas se for usar o WordPress ou Joomla, compre um bom plano ou os planos do WordPress mesmo que são uma fortuna.

As hospedagens da Godaddy, especialmente a WordPress não são recomendadas, especialmente porque você não consegue ter acesso a raiz do diretório onde o WordPress foi instalado. Ao mesmo tempo, você terá a infelicidade de encontrar um suporte que não domina o assunto e não sabe resolver problemas.

Mesmo o software tendo sido instalado pela Godaddy, muitos clientes relatam que quando o WordPress é atualizado, a instalação Godaddy quebra, e demora cerca de 3 dias para que tudo seja resolvido.

Um detalhe importante, é que no caso de quebra dessas instalações a correção só será feita pela Godaddy se o problema afetar muitos clientes, se forrem poucos os afetados, é melhor procurar outro serviço de hospedagem, ou no mínimo você terá um atendimento digno do SUS.

Written by Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

como-executar-um-arquivo-run-ou-bin-no-ubuntu-fedora-opensuse

Como executar um arquivo .run ou .bin no Ubuntu, Fedora, openSUSE

introducao-a-ambiente-de-desenvolvimento-com-vagrant-parte-1

Introdução ao ambiente de Desenvolvimento com Vagrant no Linux – Parte 1