in

Rufus 3.7 beta permite criar USB do Ubuntu com armazenamento persistente

Outras ferramentas com mesma função já existiram no passado.

Rufus 3.7 beta permite criar USB do Ubuntu com armazenamento persistente

Rufus 3.7 beta permite que você crie um Ubuntu Live USB com armazenamento persistente do Windows. Há alguns anos, havia um outro programa para esta tarefa, o LiLi USB Creator. Foi uma ferramenta muito boa, agora descontinuada, que nos permitia apenas o que seu nome diz: criar Linux Live USBs. Ela ainda está disponível para download. Agora,  isso está presente no Rufus 3.7 em versão beta. Então, o Rufus 3.7 beta permite criar USB do Ubuntu com armazenamento persistente

Rufus 3.7 beta permite criar USB do Ubuntu com armazenamento persistente

O novo recurso do Rufus é algo que nos permite fazer o Ubuntu a partir de sua ferramenta de criação de discos de inicialização até recentemente. Também é algo que podemos fazer com o mkusb. Porém, qualquer opção que você adicionar é bem-vinda. O Rufus está disponível apenas para o Windows. No entanto, é uma opção a considerar se outros métodos falharem. Abaixo, explicaremos como criar um Ubuntu/Debian Live USB com armazenamento persistente .

Como criar um Ubuntu/Debian Live USB com armazenamento persistente com o Rufus 3.7 ou posterior

IMPORTANTE : devemos ter em mente que usaremos uma versão do Rufus na fase beta, então devemos testá-lo para criar um USB com armazenamento persistente de uma instalação Ubuntu/Debian que não é usada, pois pode apresentar uma falha. Os passos a seguir são os seguintes:

  1. Obtemos um ISO de qualquer versão baseada no Ubuntu/Debian. Também é possível trabalhar com outros sistemas operacionais.
  2. De um computador Windows, acessamos esse link.
  3. Na seção “Downloads”, clicamos em “Outras versões”.
  4. Fazemos o download do Rufus 3.7 beta (o link direto é este).
  5. Executamos o arquivo baixado e aceitamos em uma mensagem de aviso.
  6. Em “Dispositivo”, escolhemos nosso pendrive.
  7. Em “Startup Choice”, escolhemos a ISO que queremos usar. Uma nova opção aparecerá.
  8. Indicamos o tamanho que vamos dar ao nosso disco rígido persistente. O máximo é de 5 GB em FAT32, recomendado.
  9. Recomenda-se que escolhamos GPT em “Partition Scheme” e “Target System” dependerá se usamos BIOS ou UEFI.
  10. Se quisermos, nomeamos o pendrive USB, como o Ubuntu 19.04.
  11. Nós também podemos (recomendado) formatar o pendrive. Por padrão, isso já acontece.
  12. Finalmente, clicamos em START e esperamos. Quando o processo estiver concluído, nosso pendrive deverá funcionar em qualquer computador com BIOS ou UEFI, dependendo do que tivermos escolhido.

A seguir, um vídeo mostrando que o Rufus 3.7 beta permite criar USB do Ubuntu com armazenamento persistente

 

Fonte Ubunlog

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Yandex Browser com modo turbo do Opera

Yandex Browser com modo turbo do Opera

Wine 4.0.2 lançado com 66 correções de bugs

Wine 4.0.2 lançado com 66 correções de bugs