in

Rumor: CPUs de 10a geração Intel Comet Lake apresentam até 10 núcleos, novo soquete LGA1200 e chipset da série 400

A Intel lançará supostamente uma CPU mainstream de 10 núcleos em breve!

Coreboot 4.11 traz muitas melhorias da Intel

A informação foi vazada pelo site WCCFTech, o site é conhecido por divulgar alguns vazamentos e acertar. A fonte, divulgou vários supostos processadores Core i3, i5, i7 e i9, todos os quais se espera que sejam baseados no Comet Lake de 14nm. Como em todos os rumores, a informação divulgada não pode ser levada como verdade absoluta. Dito isto, e com base no grande número de slides parecem reais e legítimos. No entanto, não há como verificar essas informações a Intel não comenta nada antes do lançamento oficial.

Embora essas informações não sejam novas, muitas delas confirmam vazamentos e suposições anteriores sobre o Comet Lake e as CPUs de 10a geração: até 10 núcleos que exigem um novo chipset da série 400 e soquete LGA 1200.

rumor-cpus-de-10a-geracao-intel-comet-lake-apresentam-ate-10-nucleos-novo-soquete-lga1200-e-chipset-da-serie-400
Imagem reprodução Wccftech

 

As informações abaixo são compiladas pela WCCFTech e não foram confirmadas até o momento da escrita deste artigo!

rumor-cpus-de-10a-geracao-intel-comet-lake-apresentam-ate-10-nucleos-novo-soquete-lga1200-e-chipset-da-serie-400

O vazamento ocorre na forma de slides de apresentação que parecem pertencer ao grupo IoT (Internet of Things) da Intel. Em termos de recursos e especificações, vemos que o Comet Lake pode ter até 10 núcleos, 16 pistas PCIe 3.0 (não 4.0 infelizmente) da CPU e até 40 pistas no total, graças a 24 pistas PCIe adicionais que ficam penduradas na PCH.

A plataforma também suporta WiFi 6, mas essa lista foi rotulada como “Em avaliação”, o que significa que ela pode não ser incluída na versão final do hardware. Outro slide diz que o Comet Lake terá desempenho multithread 18% maior que o Coffee Lake. Uma melhoria de 18% não é tão grande quanto se poderia esperar, dado o aumento de 25% na contagem de núcleos.

rumor-cpus-de-10a-geracao-intel-comet-lake-apresentam-ate-10-nucleos-novo-soquete-lga1200-e-chipset-da-serie-400
Imagem reprodução Wccftech

Sem surpresa, o Core i9-10900 de ponta é um SKU (ou seja, sem um K) tem dez núcleos e 20 MB de cache, embora, curiosamente, o slide diga que o chip funcionará com um simples TDP de 65 watts. Tanto o Core i7-8700 quanto o i9-9900 têm um TDP de 65 watts, por isso não seria surpreendente se a Intel também tivesse um TDP de 65 watts em uma CPU de 10 núcleos.

Abaixo da linha, parece que todos os futuros processadores de 10ª geração da Intel terão Hyper-Threading e os produtos das marcas i7, i5 e i3 terão 8, 6 e 4 núcleos, respectivamente, que foram divulgados e confirmados publicamente, já há algum tempo. O vazamento também menciona várias SKUs do Xeon que ainda não foram nomeadas corretamente.

As informações abaixo são compiladas pela WCCFTech e não foram confirmadas até o momento da escrita deste artigo!

rumor-cpus-de-10a-geracao-intel-comet-lake-apresentam-ate-10-nucleos-novo-soquete-lga1200-e-chipset-da-serie-400

Por fim, a Intel supostamente está se afastando do soquete LGA1151 para LGA1200, o que significa que o Comet Lake não será compatível com as placas-mãe da série 300. O documento lista os novos chipsets da série 400 como o Z490, o W480, o Q470 e o H410. Somente o Z490 suporta overclock, mas o W480 é idêntico. O Q470 está faltando algumas portas SATA e USB, e o H410 possui menos rotas, portas USB, portas SATA e opções de exibição.

rumor-cpus-de-10a-geracao-intel-comet-lake-apresentam-ate-10-nucleos-novo-soquete-lga1200-e-chipset-da-serie-400
Imagem reprodução Wccftech

De acordo com o vazamento, tudo isso ocorrerá na primeira metade de 2020, que pode ser de janeiro a junho. Assim, até agora as informações parecem bem completas e verddeiras. Por ora, o que podemos fazer é aguardar.

Com informações do Tom’sHardware e do Wccftech.

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Linux 5.5 traz Broadcom BCM2711 e Raspberry Pi 4 bits

Livepatching do kernel Linux 5.5 vai permitir rastreamento do estado do sistema

Desenvolvedores divulgam contribuições úteis para o kernel Linux

Desenvolvedores divulgam contribuições úteis para o kernel Linux