Categorias

Android

Games

Notícias Linux

Tutoriais Linux

Vídeos

Games

04/02/2020 às 08:00

5 min leitura

Avatar Autor
Por Leonardo Santana

Steam bate seu próprio recorde de jogadores on-line

Steam no Linux termina no primeiro trimestre de 2.021 ainda abaixo de 1% do Marketshare

A Steam pode estar sofrendo pressão de outras lojas digitais, principalmente da Epic, mas a plataforma da Valve ainda está estabelecendo recordes. No primeiro dia de fevereiro, a Steam quebrou seu recorde de jogadores simultâneos quando 18,8 milhões de pessoas estiveram on-line ao mesmo tempo.

De acordo com o Steam DB, havia 18.801.944 jogadores no domingo, 2 de fevereiro, por volta das 14:20 GMT. Isso supera o recorde anterior de 18.537.490, definido em 14 de janeiro de 2018.

Steam bate recorde de jogadores on-line

De maneira um tanto incomum, enquanto havia um número recorde de usuários simultâneos, o número de jogadores realmente jogando algum jogo era significativamente menor que dois anos atrás. No dia 1º de fevereiro, havia 5,8 milhões de pessoas jogando jogos, contra 7 milhões há dois anos. Naquela época, o jogo Playerunknown’s Battlegrounds estava ajudando a aumentar os números da Steam. Uma explicação possível é que muitos jogadores usam a Steam como uma rede social e/ou plataforma de bate-papo, que garante a utilização do cliente, sem que este necessariamente precise iniciar um jogo.

Steam bate seu próprio recorde de jogadores on-line

Imagem: Reprodução | Tech Spot.

Não há explicação para o motivo pelo qual a Steam quebrou seu recorde. Todavia, o evento ocorreu alinhado com os horários de pico de todos os principais jogos da plataforma.

No momento, os títulos mais populares na Steam são Counter-Strike: Global Offensive, Dota 2, Playerunknown’s Battlegrounds, Grand Theft Auto V e Monster Hunter: World.

Steam bate seu próprio recorde de jogadores on-line

Imagem: Reprodução | Tech Spot.

Apesar do desafio vindo da Epic Games Store, a Steam vem se fortalecendo recentemente. Tivemos programas clientes atualizados que introduzem novas correções, suporte on-line para todos os jogos multiplayer locais e uma biblioteca aprimorada.

Além disso, o Google está trabalhando para levar a Steam aos Chromebooks e a EA permitiu seus jogos na loja pela primeira vez desde 2011. Ainda mais, a plataforma atraiu tantos jogadores na China que o chinês simplificado é mais uma vez o idioma mais popular.

Fonte: Tech Spot

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Os comentários estão desativados.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.