Stratis 3.3 vem com melhorias de estabilidade

Recurso está presente no Fedora e RHEL.

Claylson Martins
5 minutos de leitura

Acaba de sair mais uma versão do projeto Stratis 3.3. Desta vez, o Stratis 3.3.0 estende sua funcionalidade. Assim, passa a permitir que os usuários indiquem stratisd para incluir espaço adicional que possa ter ficado disponível em um dispositivo de componente dados no espaço que está disponível para o grupo de dispositivos.

Para quem não conhece o Stratis, deve saber que ele se destaca por fornecer recursos como alocação de heap, instantâneos, consistência e camadas de cache. O suporte Stratis foi integrado às distribuições Fedora e RHEL desde o Fedora 28 e RHEL 8.2.

O sistema repete amplamente em suas capacidades as ferramentas avançadas para gerenciar partições ZFS e Btrfs. No entanto, é implementado como uma camada intermediária (stratisd daemon) que roda sobre o subsistema de mapeamento de dispositivos do kernel Linux (módulos dm).thin, dm-cache, dm-thinpool, dm-raid e dm-integration) e sistema de arquivos XFS.

Stratis 3.3 vem com melhorias de estabilidade

Ao contrário do ZFS e do Btrfs, os componentes do Stratis operam apenas no espaço do usuário e não exigem que módulos de kernel específicos sejam carregados. O projeto é apresentado inicialmente como não exigindo a qualificação de um especialista em armazenamento para gerenciar.

A API D-Bus e o utilitário cli são fornecidos para administração. O Stratis foi testado com dispositivos de bloco baseados em LUKS (partições criptografadas), mdraid, dm-multipath, iSCSI, volumes lógicos LVM e uma variedade de HDDs, SSDs e unidades NVMe. Com um disco no pool, o Stratis permite que você use partições lógicas habilitadas para instantâneo para reverter as alterações.

Principais novidades do Stratis 3.3

Stratis 3.3 vem com melhorias de estabilidade

Nesta nova versão do Stratis 3.3 podemos descobrir que foi adicionado suporte para expandir o tamanho dos dispositivos físicos, o que permite adicionar espaço em disco adicional a um grupo de Stratis que está disponível em um dispositivo de armazenamento (por exemplo, ao expandir um matriz RAID).

Outra mudança que se destaca do Stratis 3.3 é a adição do comando “stratis pool extend-data” para adicionar espaço em disco a um pool de armazenamento específico que apareceu em um dos dispositivos, bem como a adição de um aviso especial ao saída do comando ‘stratis pool list‘ para rastrear alterações de tamanho de dispositivo e informações adicionadas sobre diferenças em tamanhos de pool e dispositivo para o comando ‘stratis blockdev list‘.

Além disso, também podemos encontrar no Stratis 3.3 uma melhor alocação de espaço para metadados relacionados a dispositivos de armazenamento e alocação de heap (“thin provisioning”). A mudança permitiu reduzir a fragmentação ao armazenar metadados.

A verificação de arquivos executáveis do framework Clevis, usada para criptografia e descriptografia automática de dados em partições de disco, foi redesenhada. A verificação agora é feita toda vez que um comando de usuário precisa chamar o Clevis (anteriormente só era verificado uma vez, quando o Stratis era iniciado), o que resolve problemas com o uso do Clevis instalado após o stratisd ser iniciado.

Por fim, se quiser saber mais sobre esta nova versão, pode consultar a lista de alterações no seguinte link.

Como instalar o Stratis?

Para aqueles que estão interessados em poder experimentar esta ferramenta, devem saber que o stratis está disponível para RHEL, CentOS, Fedora e derivados. Sua instalação é bastante simples, pois o pacote se encontra dentro dos repositórios do RHEL assim como seus derivados.

Para instalar o Stratis, basta executar o seguinte comando em um terminal:

Terminal
sudo dnf install stratis-cli stratisd -y

Ou você também pode tentar este outro:

Terminal
sudo yum install stratis-cli stratisd -y

Uma vez instalados no sistema, devem habilitar os serviços Stratis, executando os seguintes comandos:

Terminal
sudo systemctl start stratisd.service
sudo systemctl enable stratisd.service
sudo systemctl status stratisd.service

Para mais informações sobre a configuração e uso, você pode visitar o seguinte link. https://stratis-storage.github.io/howto/

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.