in

Testes antivírus no Android mostram que você não deve confiar no Google Play Protect

AV-TEST realiza pesquisas de antivírus, incluindo 19 produtos.

Não confie em tudo o que vê. A velha máxima vale também para o que está na Google Play Store. Pelo menos é isso o que garante um novo conjunto de testes de antivírus feitos pelo AV-TEST. Portanto, esses testes mostram que os usuários do Android não devem confiar no Google Play Protect como seu produto de segurança móvel exclusivo.

Da mesma forma, a pesquisa incluiu um total de 19 pacotes de segurança para o Android. Assim, eles foram avaliados quanto à proteção, usabilidade e recursos. Cada aplicativo poderia marcar um máximo de 6 pontos para proteção, outros 6 pontos para usabilidade e 1 ponto para recursos.

O máximo de 13 pontos foi obtido com o AhnLab V3 Mobile Security, o Avast Mobile Security, o AVG Antivirus Free, o ESET Endpoint Security, o Kaspersky Lab Internet Security para Android, o Sophos Mobile Security, o Symantec Norton Mobile Security e o Trend Micro Mobile Security.

testes-antivirus-android-mostram-que-voce-nao-deve-confiar-no-google-play-protect

Cada um desses aplicativos recebeu 6 pontos para proteção, 6 pontos para usabilidade e 1 ponto para recursos, com desempenho quase sem falhas.

Aplicativos da Bitdefender, F-Secure, G Data, McAfee e SK Telecom receberam uma pontuação final de 12,5 pontos.

Google Play Protect, desempenho decepcionante

Google Play Protect, desempenho decepcionante

A pontuação mais baixa dessa vez foi obtida por ninguém menos que o Google Play Protect. Este é a proteção integrada disponível na Google Play Store.

A pesquisa mostra que o Play Protect alcançou apenas 3 pontos de usabilidade. Do mesmo modo, marcou zero pontos tanto para proteção quanto para recursos.

Na detecção do mais recente malware para Android em tempo real, o Google Play Protect bloqueou apenas 62% dos arquivos maliciosos. No entanto, a média do setor atualmente está em 97,8%. A detecção do mais recente malware para Android, descoberto nas últimas 4 semanas, foi um pouco mais alto, com 69,2%. Porém, ainda muito abaixo da média de 98,2% do setor.

O Play Protect também emitiu nada menos que 189 falsos avisos. Isso durante a instalação e o uso de aplicativos legítimos da Google Play Store.

Você pode conferir as pontuações completas dos 19 aplicativos incluídos na pesquisa de segurança nas imagens aqui do post.