Take a fresh look at your lifestyle.

Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) virá com o Xorg

Canonical bate o martelo e decide lançar o Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) com o Xorg

O Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) virá com o Xorg ao invés do Wayland. Toda a comunidade Ubuntu estava esperando o lançamento da próxima versão do Ubuntu com o Wayland, mas parece que não será possível. Os planos foram completamente alterados, e o bom e velho Xorg vai permanecer por mais tempo entre os usuários do Ubuntu.

Na versão do Ubuntu 17.10 o Xorg deixou de receber uma certa atenção, no entanto, os usuários poderiam escolher entre o Xorg ou Wayland, mas parece que as coisas não saíram como deveria. A justificativa que a Canonical deu é que o Wayland não consegue fornecer suporte a alguns recursos, inclusive o compartilhamento de tela, que é algo simples e que não esta funcionando corretamente no Ubuntu 18.04 LTS com o Wayland.

Agora, os papéis se inverteram, o Xorg será o servidor de exibição padrão e o Wayland será o alternativo. Os testes nas versões anteriores ao Ubuntu 18.04 LTS não tiveram tanto sucesso assim, muitos erros foram reportados e também incompatibilidades. E não é só no Ubuntu, na lista pública do Fedora é possível encontrar uma discussão que ainda não terminou, alegando que o Wayland é um desastre, inclusive foi dito que ele certamente foi desenvolvido por uma pessoa que não usa GNU/Linux.

Atualmente alguns serviços comuns não estão funcionando corretamente com o Wayland, como o Google Hangouts, Skype, WebRTC e até os serviços de acesso remoto, como o VNC ou RDP, além disso, há relatos que quando há uma falha no GNOME Shell recuperar o ambiente quando ele esta sendo executado com o Xorg é bem mais fácil.

Certamente a mudança para o Xorg já era esperado, afinal de contas o Wayland ainda é um pouco verde, em especial quando implementado em uma versão LTS e que não pode ter erros graves que possam influenciar em uma experiência negativa. No entanto, a Canonical pretende fazer um novo teste no Ubuntu 18.10 e quem sabe desta vez seja possível contornar alguns problemas que surgiram.

O Ubuntu 18.04 LTS será lançado com o GNOME 3.28 mas que contará com uma versão mais antiga do Nautilus, o 3.26, isso deve-se ao fato de que nos testes, os desenvolvedores do Ubuntu sempre fazem testes para garantir o mínimo de erro possível, e que estes erros não sejam graves a ponto de afetar a produtividade em sistemas Ubuntu LTS.

Esperamos que tudo funcione adequadamente, que as possíveis falhas sejam corrigidas e que os erros do passado possam efetivamente, servir de exemplo e que não se repitam. Que venha o novíssimo Ubuntu 18.04 LTS, em suma Wayland também estará disponível, mas não por padrão.

Comentários