in

Ubuntu 20.04 LTS remove Python 2

A versão do Python chegou ao fim da vida útil.

Ubuntu 20.04 LTS remove Python 2

No começo deste ano, o Python 2 chegou ao fim da vida útil o que causou uma correria nas distros que ainda possuem resquícios deste pacote em seu sistema. Os desenvolvedores do Ubuntu e Debian continuam seu trabalho na remoção do Python 2 pelo menos da base do sistema operacional. Sendo assim, o trabalho continua na transição de pacotes para o Python 3 ou, finalmente, na remoção de pacotes não mantidos. Porém, uma coisa é certa: este processo deve demorar um pouco mais ainda. Então, o Ubuntu 20.04 LTS remove Python 2 para sua estreia que ocorrerá somente em abril.

Matthias Klose, que tem coordenado grande parte do esforço de remoção do Python 2 para Ubuntu e Debian, forneceu outra atualização sobre o assunto. Os pacotes libpython-dev, python, python-minimal e outros não são mais fornecidos como parte do pacote python-defaults a partir de hoje no arquivo Ubuntu 20.04.

Ubuntu 20.04 LTS remove Python 2

Ubuntu 20.04 LTS remove Python 2

Esses pacotes não são mais enviados no arquivo “Focal” do Ubuntu, embora python2-minimal e outros pacotes python2 permeçam disponíveis. Logo, isso deve satisfazer as dependências dos pacotes restantes que ainda não são compatíveis com Python 3. Um novo pacote python-pointing-to-python2 apontando python para Python 2 é esperado para chegar no repositório do Focal. Mais informações estão no link do Ubuntu-devel.

Em última análise, o objetivo é ter o Python 2 fora do arquivo principal a tempo do lançamento do Ubuntu 20.04 em abril, considerando que é um lançamento de Suporte a Longo Prazo que a Canonical precisa manter nos próximos anos. No entanto, o mais provável é que até lá, ainda estejam dentro do sistema alguns remanescentes do Python 2 para pacotes que não têm suporte para o Python 3.

No começo de novembro do ano passado,  ainda existiam cerca de 3.300 bugs arquivados no Debian relacionados aos pacotes Python 2 e daqueles 1.500 fechados. Cerca de outros 350 pacotes estavam disponíveis apenas no repositório Focal do Ubuntu e não no Debian upstream.

Fonte: Phoronix

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Google esqueceu seu lema? Empresa agora também é 'do mal'?

Google esqueceu seu lema? Empresa agora é ‘do mal’?

O que é o armazenamento UFS 3.0 e por que você deveria se importar?

A Intel está desenvolvendo protótipos de SSDs PCIe 4.0, mas precisa de CPUs AMD para testá-los