Ubuntu 22.04 LTS terá suporte para buffer triplo do GNOME

Claylson Martins
3 minutos de leitura

O Ubuntu 22.04 LTS estará carregando os patches para que o desktop GNOME use o suporte de buffer triplo sob demanda quando necessário. O objetivo é aumentar o desempenho de renderização da GPU para permitir uma experiência de desktop mais suave.

O desenvolvedor Daniel Van Vugt, da Canonical, que trabalhou em inúmeras correções e melhorias upstream para o GNOME nos últimos anos, passou muito tempo desenvolvendo o suporte de buffer triplo do GNOME. Voltando aos meados do ano 2020, Daniel trabalhou no buffer triplo do GNOME para quando a GPU está atrasada. 

Ao introduzir alguma latência, o buffer triplo seria sob demanda apenas quando a GPU está ficando para trás e, por sua vez, faria com que a GPU subisse para um estado de desempenho mais alto devido ao trabalho adicional. Alternar para esse estado de desempenho de GPU mais alto ou frequência mais alta geralmente é suficiente para recuperar o desempenho. Assim, o GNOME manteria o buffer duplo quando os tempos de apresentação estivessem sendo cumpridos.

Ubuntu 22.04 LTS terá suporte para buffer triplo do GNOME

Ubuntu 22.04 LTS terá suporte para buffer triplo do GNOME
Ubuntu 22.04 LTS terá suporte para buffer triplo do GNOME

O código de buffer triplo do GNOME passou por várias revisões e muitas revisões nos últimos dois anos e parece perto de ser implementado. Os patches duplicaram com sucesso o desempenho para gráficos Intel e Raspberry Pi, além de melhorar a situação para outros hardwares gráficos.

O recente GNOME 42 beta não pegou os patches de buffer triplo e agora muito tarde no ciclo e nos vários congelamentos, parece que a funcionalidade perderá esta versão de seis meses do GNOME. Mas a Canonical agora está preparada para enviar uma versão corrigida do Mutter com esse suporte para o próximo lançamento do Ubuntu 22.04 LTS.

Com o recente upload do Mutter 42~beta-0ubuntu1 para o arquivo Jammy, o pacote Ubuntu está carregando os patches para lidar com buffer triplo ou duplo dinâmico. Assim, o Ubuntu 22.04 LTS poderá fornecer essa funcionalidade até que seja upstream no GNOME. 

Ainda é possível que ele chegue no final do ciclo do GNOME 42. No entanto, até o presente momento, parece sofrer com um bloqueio por um bug com o driver da série NVIDIA 470,. Porém, está funcionando bem em versões mais recentes da NVIDIA.

Por sua vez, já temos agora a definição da data de lançamento do novo Ubuntu 22.04 LTS. Assim, o sistema operacional deve estrear em breve, mais precisamente dia 21 de abril. Portanto, só resta esperar.

Via Phoronix

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.