GNOME Maps
O mantenedor do Ubuntu GNOME, Jeremy Bicha, informou ao comunidade no dia 14 de Julho de 2016 que o popular aplicativo GNOME Maps do GNOME perdeu recentemente seu serviço de mapa gratuito, o MapQuest.
Claro, isso se traduz automaticamente para o fato de que, a partir do dia 12 de Julho de 2016, o GNOME Maps deixará de ser uma aplicação funcional e parece que poderá levar semanas ou até meses para que a equipe de desenvolvimento do GNOME encontre um novo serviço gratuito para exibir os mapas.

Como consequência, os desenvolvedores do Ubuntu GNOME estão atualmente discutindo a possibilidade de deixar de ter o GNOME Maps App na instalação padrão com o lançamento do próximo RC do Xenial Xerus, Ubuntu GNOME 16.04.1 LTS que é esperado para o dia 21 de Julho de 2016.

Segundo entrevista com Tim Lunn:

A equipe de desenvolvimento prefere remover o gnome-maps do ubuntu-gnome-desktop do que liberar uma nova versão de sistema com um aplicativo que não funcionará plenamente. Nós deveremos trabalhar rápido, uma vez que a próxima ISO sairá em uma semana.”

Na verdade, é uma situação muito infeliz especialmente que o GNOME Maps. Ele é atualmente um dos mais populares aplicativos de mapas, sendo utilizado por diversos usuários de Linux. Se os mantenedores do GNOME Maps não encontrarem uma alternativa em breve, o aplicativo pode ser removido de outras distros também.

 

Redação
Este usuário é utilizado quando um post é migrado de um usuário para outro, ou quando alguém envia um conteúdo ao SempreUPdate.

    Lançado driver gráfico Nvidia 367.35 para Linux!

    Previous article

    Linux Kernel 4.6.4 está disponível nos repositórios estáveis do Arch Linux!

    Next article

    You may also like

    More in Notícias