in

Ubuntu GNOME 16.04.1 LTS deixa de ter o GNOME Maps

GNOME Maps
O mantenedor do Ubuntu GNOME, Jeremy Bicha, informou ao comunidade no dia 14 de Julho de 2016 que o popular aplicativo GNOME Maps do GNOME perdeu recentemente seu serviço de mapa gratuito, o MapQuest.
Claro, isso se traduz automaticamente para o fato de que, a partir do dia 12 de Julho de 2016, o GNOME Maps deixará de ser uma aplicação funcional e parece que poderá levar semanas ou até meses para que a equipe de desenvolvimento do GNOME encontre um novo serviço gratuito para exibir os mapas.

Como consequência, os desenvolvedores do Ubuntu GNOME estão atualmente discutindo a possibilidade de deixar de ter o GNOME Maps App na instalação padrão com o lançamento do próximo RC do Xenial Xerus, Ubuntu GNOME 16.04.1 LTS que é esperado para o dia 21 de Julho de 2016.

Segundo entrevista com Tim Lunn:

A equipe de desenvolvimento prefere remover o gnome-maps do ubuntu-gnome-desktop do que liberar uma nova versão de sistema com um aplicativo que não funcionará plenamente. Nós deveremos trabalhar rápido, uma vez que a próxima ISO sairá em uma semana.”

Na verdade, é uma situação muito infeliz especialmente que o GNOME Maps. Ele é atualmente um dos mais populares aplicativos de mapas, sendo utilizado por diversos usuários de Linux. Se os mantenedores do GNOME Maps não encontrarem uma alternativa em breve, o aplicativo pode ser removido de outras distros também.

 

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Lançado driver gráfico Nvidia 367.35 para Linux!

Linux Kernel 4.6.4 está disponível nos repositórios estáveis do Arch Linux!