in

Ubuntu Mir Developer cria nova ferramenta de depuração Wayland

Weston 7.0 é lançado

Uma nova ferramenta de código aberto acaba de ser criada para ajudar a depurar as mensagens do protocolo Wayland. Tudo isso graças à equipe Mir da Canonical. William Wold, um dos contratados recentes da equipe da Mir na Canonical, liderou o trabalho sobre o Wayland-Debug como uma nova ferramenta para depurar os problemas de Wayland. Confira neste post que a equipe do Ubuntu Mir Developer cria nova ferramenta de depuração Wayland.

Características

Wayland 1.16 lançado com algumas atualizações

  • Esta ferramenta Wayland Debug oferece relatórios detalhados das mensagens do protocolo Wayland;
  • Suporta múltiplas conexões;
  • e também suporta pontos de interrupção em mensagens Wayland.

Este assistente de depuração escrito em Python pode ser encontrado através do GitHub. Mais detalhes sobre o Wayland-Debug podem ser encontrados em uma visão geral em discourse.ubuntu.com .

Recursos de Debug Wayland

Saída do Wayland Debug
Divulgação
  • Realce de sintaxe
  • DSL para filtrar mensagens do Wayland: Quer saber quando algum objeto XDG tem uma mensagem de configuração e quando algum objeto tem uma mensagem de confirmação? O comando -f 'xdg_*[configure],[commit]'vai fazer isso.
  • Conhecimento de geração: além do tipo e ID do objeto, cada um também tem uma “geração”. Isso distingue objetos na mesma conexão com o mesmo ID (o primeiro a ter o ID é .0, o segundo é .1 etc.)
  • Inteligentedelete_id: em vez de apenas mostrar um int e fazer você pesquisar o log para descobrir qual ID foi excluído, o Wayland Debug mostra o objeto completo (tipo, ID e geração)

O segundo modo é muito mais emocionante. Nela, ele roda seu programa no GDB, com ele próprio carregado como plugin. Para usar o Wayland Debug desta forma, você precisa ter os símbolos de depuração do libwayland instalados.

Além disso, possui:
  • Múltiplas conexões: tratadas corretamente;
  • Comandos enquanto a execução é pausada (depois de Ctrl + C, atingindo um ponto de interrupção, etc)
    • Ajustar filtro de objeto (isso permite apenas mostrar uma instância de objeto específica, porque você só pode saber seu ID depois de criado)
    • Coloque todas as mensagens até agora através de um filtro diferente
    • Alternar entre conexões;
  • Pontos de interrupção em mensagens do Wayland : você pode especificar um correspondente para ser ativado e, quando uma mensagem correspondente é processada, o GDB parará como um ponto de interrupção normal. A melhor parte é que você obtém um rastreamento completo mostrando por que essa mensagem foi enviada e pode fazer todas as coisas normais do GDB.

Como usar o Wayland Debug

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Após dois anos, sai nova versão do SuperTux

Após dois anos, sai nova versão do SuperTux

Kernel GNU Linux-Libre 5.0 lançado oficialmente para aqueles que buscam 100% de liberdade

GNU Linux-libre 4.20 lançado