Artigo

08/01/2022 às 11:40

8 min leitura

Avatar Autor
Por Emanuel Negromonte

Saiba se vale a pena reviver seu PC velho com o Linux!

Todo PC antigo vale a pena instalar o Linux? Confira se é ou não possível! Traga a vida PCs antigos com Linux!

Saiba se vale a pena reviver seu PC velho com o Linux!

Embora com uma distribuição Linux em seu PC antigo ganhe um gás extra não espere o impossível. Existem limitações de arquiteturas como o caso do Google Chrome que não está mais disponível para x86 (o velho 32 bits) e algumas outras distros, entre elas Ubuntu, openSUSE, Kde-Neon, PCLinuxOS entre outras, já não fornecem de versões 32 bits. Como leitura extra, preparamos um artigo explicando as diferenças entre as arquiteturas de 32bits e 64 bits.


Há riscos de uma distribuição Linux para PCs antigos não funcionar corretamente?

Sim, apesar de o Linux ser muito bom ele não fará nenhum milagre. Ele pode deixar seu velho equipamento que rodava o Windows XP funcional, mas não espere um upgrade milagroso. Por exemplo, reviver um equipamento que use 1 GB de RAM e tenha um processador Dual Core é mais simples e fácil que reviver outro com 512 MB e Single Core sem mencionar programas que estão exigindo mais dos nossos computadores.

Em primeiro, lugar você deve buscar uma opção realista para até um 1 GB. Temos o LXLE derivado do Lubuntu, SalixOS derivado do Slackware, Debian (basta configurar ), Lubuntu, Xubuntu, Linux-Lite, Bodhi, Emmabuntus entre outras distros com capacidade de dar aquele gás. Claro, não espere gráficos de alta qualidade nem animações, mas com certeza seu equipamento vai ganhar uma sobrevida. Seu equipamento continuará com as limitações de hardware, portanto não abuse saiba que existe um limite.

Há um projeto que sempre anunciamos por aqui, o Emmabuntus, uma distribuição criada para atender a demanda na Comunidade de Emaús, onde a tecnologia é quase zero. Você pode ler nosso artigo que fala um pouco sobre o Emmabuntus.

Uma breve análise de algumas distros para reviver PC e laptops antigos!

Ainda neste texto confira a lista de muitas outras distribuições criadas para PCs antigos ou de 32 bits. No entanto, vamos citar 2 das 13 melhores distribuições Linux para PCs antigos. No entanto, a lista é vasta e você pode testar quantas quiser.

LXLE

LXLE: Um Lubuntu com um suporte extra, para quem não lembra apesar do Ubuntu LTS garantir suporte de 5 anos seus derivados não precisam fazer o mesmo, ainda que seja um sabor oficial. É leve como o Lubuntu em um Acer Aspire One ZG5 1 GB de RAM consumiu 250 MB e chegou aos 800 MB quando colocado para executar vários aplicativos em simultâneo. Vem com o seamonkey como navegador padrão, LibreOffice e alguns aplicativos do Mate, podemos até dizer que hoje o LXLE é um Lxde com Mate.

Prós: Instalação fácil, suporte extendido e leve como prometido.

Contras: Para uma distro leve vem com muitas aplicações ainda que sejam leves.
Recomendado: PC e laptop com 10 anos, pouca coisa mais de idade e até 2 GB RAM, mas também serve bem em equipamentos recentes.

TinyCore

TinyCore: Tão leve que precisa de apenas 12 MB para rodar, se quiser uma versão turbinada chegará aos 64 MB de RAM, pode rodar diretamente em um pendrive ou CD minimalista na sua mais pura forma.

Prós: Leve pouco exigente .

Contras: Tanta leveza tem seu preço aqui é o fato que ou alguns aplicativos estão em versões extremamente estáveis, o que pode ser um pouco antigo, ou simplesmente não existem para esta distro. Recomendado: Levar no bolso

Distribuições Linux para PCs antigos ou de 32 bits

Nem todo processador de 32 bits é antigo, mas aquele PC de mais de 10 anos já pode ser considerado. No entanto, é importante lembrar que ainda existem distribuições Linux focadas em PCs antigos, e vamos deixar a lista para você analisar, testar e dar vida ao seu antigo PC.

Afinal vale a pena reviver um PC ou laptop antigo?

O custo benefício deve ser levado em consideração existe o consumo de energia especialmente no caso de desktops temos ainda a morte anunciada do 32 bits. Mas espere, isso ainda levará algum tempo se você tem 1 GB de RAM pode reviver seu antigo parceiro tranquilamente, menos do que isso é bom buscar um upgrade no seu hardware. Tenha sempre em mente que gradualmente, todas as distribuições vão encerrar o suporte ao 32 bits.

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Mais lidas

Últimos posts

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.