in

Vendas de smartphones não crescem, porém, Samsung ainda domina

Dados são do quarto trimestre de 2019. Apple e Xiaomi foram os únicos grandes fornecedores no quarto trimestre com números positivos de crescimento.

Vendas de smartphones não crescem, porém, Samsung ainda domina

As vendas de smartphones no mundo todo caíram no quarto trimestre de 2019. Apenas Apple e Xiaomi tiveram crescimento durante o período. Os dados são da agência de pesquisa Gartner, que divulgou estimativas de vendas de smartphones para o quarto trimestre de 2019. As vendas em todo o planeta caíram 0,4%, em comparação com o quarto trimestre de 2018. As vendas de smartphones não crescem durante todo o ano passado, o número é bem maior, chegando a 1% de queda, porém, a Samsung ainda domina.

- Anúncios -

Huawei e Apple empatadas em participação

Vendas de smartphones não crescem, porém, Samsung ainda domina

A Samsung manteve sua posição como líder de mercado no quarto trimestre, seguida pela Apple, Huawei, Xiaomi e OPPO. A gigante da tecnologia sul-coreana respondeu por 17,3% da participação de mercado global, enquanto a Apple também garantiu uma participação de mercado de 17,3%.

O desempenho da empresa Huawei não deixa de ser relevante. O fornecedor chinês de tecnologia sofre nos últimos anos devido à proibição de seus produtos nos EUA, incerteza sobre se seu equipamento 5G será ou não usado como espinha dorsal da tecnologia sem fio e a perda do sistema operacional Google Android em novos dispositivos móveis. Mesmo assim, manteve uma forte participação de mercado de 14,3%.

Apple e Xiaomi crescem

Todo fornecedor, no entanto, sofreu uma queda nas vendas – com exceção da Apple e da Xiaomi, que tiveram taxas de vendas aumentadas em 7,8% e 16,5%, respectivamente.

A Apple teve um bom desempenho na China, onde as vendas do iPhone aumentaram 39% durante o quarto trimestre de 2019. Segundo o Gartner, este é o primeiro trimestre – após quatro trimestres de queda – em que os números de vendas da Apple aumentaram.

No que diz respeito à Xiaomi, a agência de pesquisa diz que a forte demanda pela linha Redmi garantiu que a empresa se saísse bem na região Ásia-Pacífico.

O surto do vírus COVID-19 na China apresenta alguns desafios para fornecedores focados no varejo, como OPPO e Vivo, mas cria oportunidades para a Xiaomi, que vem expandindo sua estratégia de canal on-line, acrescentou a agência de pesquisa.

screenshot-2020-03-02-at-18-31-26.png

O ano de 2019 terminou um pouco melhor do que o esperado, devido ao desempenho ligeiramente aprimorado da América do Norte e da Ásia-Pacífico, disse Anshul Gupta, analista sênior de pesquisa do Gartner. No entanto, a Índia, que vendeu 151.915 milhões de unidades, ultrapassou os EUA e se tornou o país número 2 em vendas de smartphones em 2019. A China manteve a liderança, com vendas de 390.780 milhões de smartphones durante o ano inteiro.

Vendas de smartphones não crescem, porém, Samsung ainda domina. Implantação do 5G deve acelerar vendas

A Gartner espera que a mudança para dispositivos móveis 5G proporcione um aumento nas vendas de smartphones no próximo trimestre. Muitos fornecedores já começaram a produzir aparelhos 5G, como o Samsung S20. Do mesmo modo, rumores apontam que a Apple oferecerá a mesma tecnologia em seus principais dispositivos de 2020.

No entanto, a Gartner acredita que as vendas de smartphones provavelmente serão impactadas negativamente na China devido ao novo surto de coronavírus. Porém, não é esperado que as vendas internacionais sejam atingidas da mesma maneira.

ZDNet

Melhores alternativas ao Raspberry Pi

Melhores alternativas ao Raspberry Pi

amazon-troca-o-suporte-do-firefox-para-fire-tv-pelo-navegador-silk

Amazon remove 1 milhão de produtos que alegam curar o coronavírus