in

VirtualBox 6.1 lançado oficialmente com suporte ao kernel 5.4

Introduz vários novos recursos e melhorias.

VirtualBox 6.1 lançado oficialmente com suporte ao kernel 5.4

A Oracle lançou hoje a versão final do software de virtualização de código aberto e multiplataforma do VirtualBox 6.1. Assim, o programa está disponível para sistemas operacionais GNU/Linux, macOS e Windows. O VirtualBox 6.1 foi lançado oficialmente com suporte ao kernel 5.4.

Da mesma forma, o VirtualBox 6.1 é o primeiro grande lançamento da série VirtualBox 6 da popular plataforma de virtualização.

VirtualBox 6.1 lançado oficialmente com suporte ao kernel 5.4

VirtualBox 6.1 lançado oficialmente com suporte ao kernel 5.4

Ele promete alguns novos recursos interessantes, como:

  • suporte para as mais recentes e melhores séries de kernel Linux 5.4;
  • capacidade de importar máquinas virtuais da Oracle Cloud Infrastructure;
  • bem como suporte aprimorado para virtualização aninhada.

O suporte para virtualização aninhada permite instalar um hipervisor, como Oracle VM VirtualBox ou KVM, em um convidado Oracle VM VirtualBox. Em seguida, você pode criar e executar máquinas virtuais na VM convidada. O suporte para virtualização aninhada permite que o Oracle VM VirtualBox crie um ambiente de desenvolvimento e teste mais flexível e sofisticado, afirmou a Oracle.

Suporte 3D aprimorado, firmware atualizado e aprimoramentos da GUI

Além disso, o VirtualBox 6.1 também apresenta suporte estendido à exportação de VMs para o Oracle Cloud Infrastructure. Assim, permite que os usuários criem várias máquinas virtuais sem precisar fazer upload novamente. Do mesmo modo, poderá exportar uma VM para a nuvem usando uma variante “paravirtualizada” mais eficiente e especificar tags de forma livre para imagens na nuvem. Também melhora o suporte a 3D e remove as tecnologias 3D mais antigas.

Ele ainda traz vários aprimoramentos para a interface do usuário, incluindo:

  • editores incorporados;
  • configurações de armazenamento aprimoradas;
  • aprimoramentos do ponteiro do mouse;
  • e grupos de máquinas virtuais aprimorados.

Já em relação ao hardware:

  • adiciona suporte ao sistema de arquivos APFS da Apple;
  • suporte NVRAM;
  • suporte ao Legacy Versões do OS X;
  • e suporte para dispositivos SATA e NVMe não padrão e firmware atualizado.

Entre outras mudanças, podemos mencionar uma prévia técnica da Área de transferência compartilhada. Este é um recurso experimental para transferências de arquivos que atualmente está disponível apenas para hosts/convidados do Windows.

Além disso, o VirtualBox 6.1 descarta o recompilador, o que significa que a execução de máquinas virtuais agora precisa de uma CPU que suporte a virtualização de hardware. Você pode baixar o VirtualBox 6.1 para GNU/LinuxmacOS e Windows agora mesmo e conhecer o registro de alterações completo abaixo para obter mais detalhes.

Fonte: Softpedia

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.