in

Wayland 1.18 lançado

Ele vem com suporte a Meson, outras pequenas alterações

Wayland 1.18 lançado

O Wayland 1.18 acaba de ser lançado como a primeira atualização do código principal em quase um ano. Nada menos que onze meses já se passaram desde o lançamento do Wayland 1.17, enquanto na terça-feira foi sucedido pelo Wayland 1.18.

E o que tem de novidade no Wayland 1.18 lançado?

Wayland 1.18 lançado

O Wayland 1.18 oferece suporte ao sistema de compilação do Meson semelhante ao compositor Weston e outros projetos de código aberto.

Agora, o Wayland 1.18 também:

  • usa MEMFD_CREATE no código do cursor;
  • suporte para permitir que os compositores definam uma taxa de atualização de saída zero para casos de uso como saídas virtuais e remotas;
  • suporte à API para permitir que aplicativos e kits de ferramentas compartilhem a mesma conexão Wayland;
  • melhorias na documentação;
  • e outros trabalhos menores.

O Wayland 1.18 não é tão empolgante com os protocolos tendo sido lançados em seu próprio repositório, Weston sendo o “campo de prova” de todas as inovações no nível de compositores e, em seguida, todos os compositores de Wayland tomando forma em seus respectivos repositórios.

O breve anúncio de lançamento do Wayland 1.18 pode ser encontrado em Wayland-devel e diz o seguinte:

Os principais novos recursos desta versão são:

  • Adicionado suporte ao sistema de compilação Meson (as ferramentas automáticas ainda são suportadas mas será removido em uma versão futura);
  • Adiciona API para marcar objetos proxy para permitir que aplicativos e kits de ferramentas
    compartilhe a mesma conexão Wayland;
  • Acompanha os timers de wayland-server no espaço do usuário para evitar a criação de
    muitos DFs;
  • Adiciona wl_global_remove, uma nova função para mitigar as condições de corrida com
    globais.

O lançamento do Wayland 1.18 ocorre apenas algumas semanas após o recente lançamento do recurso do compositor Weston 8.0.

Os destaques do Weston 8.0 incluem:

  • um melhor suporte a hardware DRM;
  • proteção de conteúdo HDCP em conjunto com o back-end do driver do kernel DRM;
  • suporte headless OpenGL;
  • suporte EGL_KHR_partial_update para permitir atualizações parciais da tela para melhor eficiência com drivers que suportam essa extensão EGL;
  • direct display extension;
  • uma otimização de memória e várias outras alterações.O Weston 8.0 está disponível no FreeDesktop.org .

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

O Windows 12 falsificado engana alguém?

O Windows 12 falsificado engana alguém?

Casos de coronavirus atrasam desenvolvimento do Deepin v20

Confirmado: epidemia de coronavírus atrasa lançamento do Deepin 20