in

WhatsApp adia a implementação de seus novos termos e política de privacidade

O WhatsApp estendeu o prazo após usuários migrarem para outras plataformas

whatsapp-adia-a-implementacao-de-seus-novos-termos-e-politica-de-privacidade
Imagem: Reprodução Android Police

Após divulgar e enviar aos usuários sua nova política de compartilhamento de dados com o Facebook, o WhatsApp adia a implementação de seus novos termos e política de privacidade. Isso aconteceu um pouco depois de muitas pessoas procurarem outras plataformas alternativas, como o Signal e o Telegram.

O aplicativo Signal chegou ao topo das paradas na Play Store, prometendo respeitar a privacidade de seus usuários. Embora o WhatsApp tenha tentado tranquilizar a multidão, afirmando que os chats e chamadas permaneceriam criptografados, decidiu dar mais tempo às pessoas antes de forçá-las a aceitar os novos termos.

whatsapp-adia-a-implementacao-de-seus-novos-termos-e-politica-de-privacidade
Imagem: Vivo Tech

WhatsApp reconhece que gerou uma confusão

O WhatsApp reconheceu em seu Blog, que criou uma confusão com sua nova política e está tentando reforçar o fato de que as conversas permaneceriam criptografadas e que nem o WhatsApp nem o Facebook seriam capazes de acessar mensagens, registros de chamadas, locais compartilhados e contatos.

A ideia da empresa agora é dar aos usuários mais tempo para entender sua nova política, que se aplica apenas a chats com empresas. Na verdade, a atualização permite que eles integrem sua experiência do WhatsApp com o Facebook. Alguns de seus dados, dessa forma, seriam compartilhados com a plataforma social. Claro, caso a empresa com a qual você está conversando use o serviço de hospedagem do Facebook ou se você decidir fazer pagamentos através do WhatsApp.

Além disso, a nova política permite que uma empresa coloque um botão do WhatsApp em sua página do Facebook. Ou seja, isso permitiria que você envie mensagens rapidamente usando o WhatsApp. No entanto, as pessoas ficaram com medo de compartilharem os seus dados e correram para outras plataformas!

Esse tempo que a empresa deu para a implementação das novas políticas de privacidade, certamente é tentando reconquistar a confiança das pessoas. Ela está empenhada em esclarecer os novos termos e estendeu o prazo até 15 de maio.

Agora é aguardar até a data limite. Só aí saberemos se a confiança foi reconquistada e reforçada ao ponto de os usuários aceitarem os novos termos do WhatsApp, tranquilamente. Por enquanto, quem acabou ganhando bastante usuários, com a situação, foram o Signal e o Telegram.

Com informações de: Android Police

Escrito por Jardeson Márcio

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professor substituto na mesma Instituição e assessora a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Meio Ambiente de sua cidade.
Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias.
Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Código do Kernel do OProfile previsto para remoção no Linux 5.12

Linux 5.11 RC4 lançado com NVIDIA RTX 30 Mode-Setting e Haswell GT1 Graphics Restored

Desenvolvedores do Wine estão trabalhando em uma nova API Linux Kernel Sync para ter sucesso com o ESYNC e FSYNC

Desenvolvedores do Wine estão trabalhando em uma nova API Linux Kernel Sync para ter sucesso com o ESYNC e FSYNC