in

Wi-Fi 6E: A maior atualização do Wi-Fi pode resolver seus problemas de internet

Com as bandas de 2,4 GHz e 5 GHz, o congestionamento do espectro é um grande problema.

Wi-Fi 6E: A maior atualização do Wi-Fi pode resolver seus problemas de internet
Imagem: Reprodução | Fossbytes.

Em 23 de abril de 2020, a Federal Communications Commission (FCC) dos EUA permitiu o uso do espectro de 1200 MHz na faixa de 6 GHz para uso não licenciado. O Wi-Fi 6E é a maior atualização para o Wi-Fi nos últimos 20 anos. Além disso, essa atualização notável pode significar Wi-Fi mais confiável e mais rápido.

Wi-Fi 6E é a maior atualização do Wi-Fi

O Wi-Fi 6 e as gerações anteriores de Wi-Fi (Wi-Fi 4 e Wi-Fi 5) eram restritos apenas a duas bandas de frequência, que são 2,4 GHz e 5 GHz. No entanto, o Wi-Fi 6E é uma extensão do Wi-Fi 6 e suporta a nova frequência de 6 GHz.

Além disso, a largura de banda máxima com 2,4 GHz foi de 40 MHz por canal, com um total de apenas 11 canais disponíveis. Enquanto que, em 5 GHz, há um pouco mais de canais em 80 MHz e até 160 MHz em alguns casos. No entanto, à medida que adicionamos mais e mais dispositivos Wi-Fi em nossas casas, a largura de banda de 5 GHz também não é suficiente.

Com as bandas de 2,4 GHz e 5 GHz, o congestionamento do espectro é um grande problema. Por exemplo, se houver várias redes Wi-Fi disponíveis na área de alguém, muitos sinais interferirão entre si. É a mesma razão pela qual eles acham que a conexão Wi-Fi está ficando mais lenta e menos confiável.

Um ponto mais próximo da velocidade potencial

No entanto, o Wi-Fi 6E poderia resolver todos esses problemas. Isso ocorre porque os roteadores 6E podem abrir 1200 MHz de espectro na faixa de 6 GHz. O Wi-Fi 6E permite 14 canais adicionais de 80 MHz e 7 canais adicionais de 160 MHz. Além disso, esses canais não interferem entre si, o que significa baixo congestionamento.

Wi-Fi 6E: A maior atualização do Wi-Fi pode resolver seus problemas de internet
Imagem: Android Authority.

Atualmente, o Wi-Fi 6 na banda de frequência de 5 GHz possui uma velocidade teórica máxima de 9,6 Gbps. Mas, infelizmente, na vida real, não é possível obter exatamente essa velocidade. Isso ocorre porque, com um espectro limitado, os sinais Wi-Fi não são tão fortes quanto poderiam ser.

Agora, o Wi-Fi 6E também promete a mesma velocidade de 9,6 Gbps. No entanto, os pedaços maiores do espectro podem permitir que o Wi-Fi 6E chegue a um ponto mais próximo da velocidade potencial.

Por fim, para obter o benefício do espectro adicional, as pessoas precisariam de roteadores Wi-Fi 6E. Junto com isso, elas precisariam de laptops, smartphones e outros dispositivos projetados para uma rede Wi-Fi 6E. Os roteadores e os dispositivos compatíveis com a atualização Wi-Fi 6E começarão a ser lançados antes do final deste ano.

Fonte: Fossbytes