Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

06/06/2021 às 10:00

9 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Wine e Wine-Staging 6.10 lançados com pouco menos de 600 patches

DOSBox-X e DOSBox Staging tiveram novos lançamentos recentemente

Nem todas as edições do Wine-Staging lançadas valem a pena terem alguma referência. Geralmente, estamos falando de correções simples, sem grandes atrativos. No entanto, esta nova versão experimental do Wine tem em alguns pontos importantes que merecem destaque. Para começar, possui mais de 700 patches sobre o Wine upstream, porém, com poucos patches novos introduzidos recentemente. Até o presente momento o fluxo de patches possui “apenas” 571 patches.

Com o Wine-Staging 6.10, há também algumas melhorias incorporadas nesta construção. O Wine 6.10 de possui uma série de patches anteriormente transportados pela Wine-Staging. Entretanto, desta vez também há algumas novas melhorias no Wine-Staging, incluindo:

  • Adicionar alguns bits faltando ao PSAPI necessários para o Mass Effect Legendary Edition;
  • Implementando iDirectPlay8Server EnumServiceProviders como pelo menos para o jogo Dangerous Water ele vai travar de outra forma ao iniciar um jogo multiplayer;
  • Suporte para looping de dados do WMI;
  • Isso decorre de um relatório de bugs de 2015 em torno de Sanitas HealthCoach travando ou pendurado devido ao código VBScript;
  • Uma adição WBEMDISP para suportar DISPATCH_METHOD no ISWbemObject, o que deve ajudar softwares como o instalador MCC DAQ a travar. MCC DAQ é o pacote de software de aquisição de dados de medição;
  • Patches atualizados em torno de contextos diferidos Direct3D 11, CSMT para WineD3D e outros bits.
  • A lista de alterações de Wine-Staging 6.10 na íntegra pode ser encontrada no Wine-devel.

Wine 6.10 chega com novo mono e AppData atualizado

A versão estável deste recurso que permite a instalação de jogos e programas do Windows traz algumas novidades. Nas notas de lançamento, aqui estão os destaques:

  • Mono engine atualizado para a versão 6.2.0, com atualizações upstream.
  • O esquema de nomenclatura de pastas do shell segue o Windows recente.
  • Biblioteca WinePulse convertida em PE.
  • Mais funções matemáticas de Musl no tempo de execução C.
  • Várias correções de bugs.

Para as correções de bugs, eles observaram 25 resolvidos até este lançamento. Alguns resolvidos recentemente, alguns recebendo relatórios novos de bugs mais antigos. As melhorias serão vistas para os gostos de: TIE: Fighter: Collectors Edition, Nocturne, League of Legends, osu !, TrackMania Nations Forever, Grand Theft Auto 4, Starcraft Remasterizado e muito mais.

Mais detalhes sobre todos os patches para este lançamento quinzenal de desenvolvimento do Wine podem ser encontrados através das notas de lançamento 6.10 em WineHQ.org.

Collabora envia patches futex2 para o kernel Linux para ajudar Wine/Proton

a empresa de consultoria de código aberto Collabora enviou os patches do futex2 para o kernel do Linux pela quarta vez, agora ainda mais trabalho foi feito com o objetivo de ajudar o Wine e o Steam Play Proton.  Por que uma nova versão do futex? Como eles explicam:  Há alguns anos, os desenvolvedores vêm tentando adicionar novos recursos ao futex, mas os mantenedores têm relutado em aceitar isso, dada a interface multiplexada cheia de recursos legados e difícil de fazer grandes mudanças. Alguns problemas que as pessoas tentaram resolver com patchsets são: NUMA-awareness [0], futexes menores [1], esperar em futexes múltiplos [2]. O NUMA, por exemplo, simplesmente não se encaixa na API atual de uma forma razoável. Considerando isso, não é possível mesclar novos recursos no futex atual.  Não tem certeza sobre o que tudo isso é? Você não está sozinho. O material do kernel pode ser incrivelmente confuso e difícil de entender se você ainda não estiver bem versado. Essencialmente: os patches do futex2 devem permitir um melhor desempenho dos jogos do Windows rodando no Linux por meio do Wine e Steam Play Proton, pois se adaptam melhor ao comportamento do Windows. Se você quiser se atualizar e ver alguns antecedentes, verifique nosso artigo anterior com uma apresentação do Collabora.  Isso já está em andamento há muito tempo, enquanto eles recebem mais feedback e tentam melhorá-lo ainda mais. Esta quarta tentativa implementa "futexes de tamanho variável", que era outro recurso solicitado e necessário. É provável que ainda demore um pouco antes de ser aceito no Kernel do Linux e, mesmo assim, você terá que esperar por um novo lançamento do Kernel, atualizações de distribuição e atualizações do Proton / Wine para trabalhar com ele.

A empresa de consultoria de código aberto Collabora enviou os patches do futex2 para o kernel Linux pela quarta vez, agora ainda mais trabalho foi feito com o objetivo de ajudar o Wine e o Steam Play Proton.

Por que uma nova versão do futex? 

Há alguns anos, os desenvolvedores vêm tentando adicionar novos recursos ao futex, mas os mantenedores têm relutado em aceitar isso, dada a interface multiplexada cheia de recursos legados e difícil de fazer grandes mudanças. Alguns problemas que as pessoas tentaram resolver com patchsets são: NUMA-awareness [0], futexes menores [1], esperar em futexes múltiplos [2]. O NUMA, por exemplo, simplesmente não se encaixa na API atual de uma forma razoável. Considerando isso, não é possível mesclar novos recursos no futex atual.

Não tem certeza sobre o que tudo isso é? Você não está sozinho. O material do kernel pode ser incrivelmente confuso e difícil de entender se você ainda não estiver bem entrosado com a questão. Essencialmente: os patches do futex2 devem permitir um melhor desempenho dos jogos do Windows rodando no Linux por meio do Wine e Steam Play Proton, pois se adaptam melhor ao comportamento do Windows. 

Isso já está em andamento há muito tempo, enquanto eles recebem mais feedback e tentam melhorá-lo ainda mais. Esta quarta tentativa implementa “futexes de tamanho variável”, que era outro recurso solicitado e necessário. É provável que ainda demore um pouco antes de ser aceito no Kernel Linux e, mesmo assim, você terá que esperar por um novo lançamento do Kernel, atualizações de distribuição e atualizações do Proton/Wine para trabalhar com ele.

Com informações de GamingonLinux

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.