in

Xiaomi detalha como funciona o carregamento sem fio de 50 W do Mi 10 Ultra

Como a Xiaomi conseguiu atingir velocidades de carregamento sem fio tão rápidas?

Xiaomi detalha como funciona o carregamento sem fio de 50 W do Mi 10 Ultra
Imagem: Xiaomi.

Recentemente, a Xiaomi lançou seu Mi 10 Ultra, o smartphone mais poderoso da empresa até o momento. Como era de se esperar, o dispositivo da Xiaomi apresenta especificações de primeira linha, incluindo o suporte para carregamento sem fio rápido de 50 W, que pode carregar a bateria de 4.500 mAh do dispositivo em apenas 40 minutos.

Como a Xiaomi conseguiu atingir velocidades de carregamento sem fio tão rápidas? A empresa explicou como funciona sua solução de carregamento: o carregamento sem fio de 50 W da Xiaomi usa uma arquitetura mais eficiente que não apenas minimiza as camadas arquitetônicas no processo de carregamento sem fio, mas também melhora a eficiência de conversão do chip de carregamento.

Xiaomi detalha o carregamento sem fio

Ao contrário dos esquemas de carregamento de camada dupla 2:1 convencionais, a empresa faz uso de uma estrutura de carregamento de camada única 4:2 direta que pode reduzir a perda de energia durante o processo de carregamento. Assim, a empresa otimizou a arquitetura do caminho no link de carregamento e reduziu o nível de tensão variável, o que reduz efetivamente a perda de energia e melhora a eficiência geral de carregamento.

Xiaomi detalha como funciona o carregamento sem fio de 50 W do Mi 10 Ultra
O carregamento sem fio de 50 W da Xiaomi usa uma arquitetura mais eficiente que não apenas minimiza as camadas arquitetônicas no processo de carregamento sem fio, mas também melhora a eficiência de conversão do chip de carregamento. Imagem: Xiaomi.

Junto com a nova arquitetura de carregamento, o smartphone também utiliza uma nova bomba de carregamento que oferece uma eficiência de conversão de 98,5%; que também reduz a geração de calor durante o processo de carga.

Nova bateria de série dupla

Além disso, o Mi 10 Ultra faz uso de carregamento paralelo duplo, o que reduz a impedância do caminho de carregamento. A solução de carga dupla paralela reduz a perda de calor, melhorando a conversão geral, a eficiência e a estabilidade do processo.

O dispositivo também faz uso de uma nova bateria de série dupla com duas células de 2.250 mAh; que ajuda a dobrar a potência de carga com a mesma quantidade de corrente.

Para garantir que a nova solução de carregamento sem fio não cause problemas, a Xiaomi também incluiu uma tecnologia de controle de corrente variável de vários níveis. A tecnologia inclui recursos como detecção de tensão de célula e controle de potência de carregamento em tempo real.

Por fim, a bobina utiliza uma tecnologia de enrolamento de nano-cristal de 5 camadas (multi-strand); que torna o campo de carga sem fio mais denso em torno da bobina receptora e melhora a eficiência de transmissão da bobina.

Fonte: XDA Developers

Xiaomi patenteia um smartphone com fone de ouvido sem fio embutido

Este dispositivo alimentado por bactérias poderia manter seu telefone carregado para sempre

Mais da metade dos smartphones lançados em 2020 terá portas USB-C