in

Xiaomi permitirá que você desative a coleta de dados no modo de navegação anônima

A empresa foi criticada por usuários e especialistas em segurança.

Xiaomi desenvolve uma nova tecnologia de lentes retráteis
Na Xiaomi Developer Conference, Zeng Xuezhong, presidente do departamento de telefonia móvel da Xiaomi, revelou uma nova tecnologia de lentes da empresa. Crédito: REUTERS | Abhishek N. Chinnappa.

A Xiaomi respondeu a alegações recentes de práticas abusivas de privacidade e coleta de dados ao atualizar o Mi Browser, o Mi Browser Pro e o Mint Browser.

- Anúncios -

A empresa foi criticada por usuários e especialistas em segurança depois que uma reportagem da Forbes detalhou como seus navegadores coletavam uma quantidade preocupante de dados do usuário.

Xiaomi permitirá que você desative a coleta de dados no modo de navegação anônima

Segundo a reportagem, especialistas em segurança cibernética descobriram que os navegadores da Xiaomi registravam todos os dados de navegação na web de um usuário, mesmo no modo de navegação anônima. O mais preocupante é que os pesquisadores apresentaram evidências de que os dados, incluindo identificadores exclusivos de dispositivos, estavam sendo enviados para servidores remotos com “codificação facilmente quebrável”.

A Xiaomi negou as alegações e disse que todos os dados coletados são enviados aos seus servidores de forma anônima. Além disso, a Xiaomi negou que os dados de navegação estivessem sendo gravados no modo de navegação anônima.

Xiaomi permitirá que você desative a coleta de dados no modo de navegação anônima
Imagem: The Next Web.

Atualizações do Mi Browser e do Mint Browser

Como parte de uma resposta adicional, a Xiaomi agora está introduzindo uma nova configuração para o modo de navegação anônima nos navegadores Mi e Mint. Assim, essa nova opção permitirá que os usuários optem por não coletar dados agregados no modo de navegação anônima.

As versões mais recentes dos navegadores são: Mi Browser/Mi Browser Pro v12.1.4 e Mint Browser v3.4.3. Agora, essas atualizações devem estar disponíveis em todos os navegadores da Google Play Store.

Além disso, a Xiaomi foi acusada de coletar dados sobre pastas, telas e configurações abertas em seus telefones. A empresa não esclareceu muito sobre essa prática, exceto uma declaração genérica. Ela diz:

Todos os dados de uso coletados são baseados em permissão e consentimento dados explicitamente por nossos usuários.

Fonte: Android Authority

telegram-adiciona-novos-recursos

Telegram já foi baixado mais de 500 milhões de vezes na Play Store

Popcorn Time é bloqueado após queixa

Popcorn Time é bloqueado após queixa