in

5 alternativas ao Photoshop para utilizar no Linux

Confira a lista com algumas das aplicações mais utilizadas para edição de imagem no Linux.

5 melhores alternativas ao Photoshop para utilizar no Linux

Procurando uma maneira de executar o Photoshop no Linux? Você pode ter algumas tarefas de edição de imagem, fotos que precisam ser aprimoradas ou pintura básica para concluir, mas o Adobe Photoshop não está na distro do pinguim. No entanto, existem várias e ótimas alternativas ao Photoshop para utilizar no Linux.

Contudo, estas aplicações equivalentes ao Adobe Photoshop o ajudarão a editar imagens com facilidade.

As 5 alternativas ao Photoshop para utilizar no Linux

A lista abaixo está classificada em ordem alfabética:

GIMP

Se algum programa pudesse ser considerado “a versão de código aberto do Photoshop”, seria o GIMP (GNU Image Manipulation Program). O GIMP existe desde 1995 (o Photoshop foi lançado em 1988), tornando-o um dos aplicativos de código aberto mais antigos disponíveis.

É uma ferramenta flexível que inclui vários recursos principais que replicam muitos dos mesmos efeitos que o Photoshop. O GIMP também é construído com extensibilidade em mente, o que significa que você pode adicionar novas funcionalidades instalando plugins de terceiros.

Em suma, o GIMP é poderoso o suficiente para ser suficiente em uma capacidade profissional. A única desvantagem é que o GIMP evita especificamente copiar a interface do Photoshop. Embora seja uma alternativa forte ao Photoshop, você terá várias teclas novas e comandos de menu para aprender.

Krita

Em 1998, o desenvolvedor alemão Matthias Ettrich mexeu com o GIMP e construiu uma interface baseada em Qt para ele. Causou divisões na comunidade GIMP, levando ao desenvolvimento de um editor de imagens concorrente: o Krita.

O foco principal do Krita é como uma aplicação de pintura digital. Como tal, ele tenta ocultar a maioria de seus elementos de interface para facilitar o aprendizado para iniciantes e a pintura para veteranos.

O que constitui “pintura digital”? Coisas como arte conceitual, quadrinhos, texturas etc. Tudo isso é facilitado pelo pacote de ferramentas padrão do Krita, incluindo vários pincéis padrão, vários mecanismos de pincel, um mecanismo avançado de camadas e suporte para edição raster e vetorial.

MyPaint

Se você está procurando um aplicativo de pintura digital com uma interface realmente mínima, o MyPaint pode ser adequado para você. Como Krita, ele criou artistas conceituais, de quadrinhos e pintores de textura que odeiam a distração de janelas e barras de ferramentas.

O MyPaint é certamente mais simples que o Krita, portanto, não espere que ele seja tão cheio de recursos. No entanto, isso não significa que está faltando. O MyPaint suporta tablets sensíveis à pressão, possui um tamanho ilimitado de tela e opções de pincel personalizáveis.

Se o Krita é muito pesado para você, então MyPaint é provavelmente o que você deseja. Mas se você tentar o MyPaint e não for suficiente, mude para o Krita.

Photopea

Uma ferramenta baseada em navegador que utiliza os recursos do seu PC local, o Photopea é executado em qualquer plataforma de desktop. Com sua interface de usuário semelhante ao Photoshop (barra lateral, menu, barra de ferramentas, histórico etc.) e suporte para formatos de imagem padrão, é um substituto ideal.

Você obterá os melhores resultados em um navegador baseado no Chromium, como o Google Chrome.

Também não se preocupe com a perda de arquivos. Toda a edição que você faz com o Photopea é armazenada no seu computador, e não na nuvem. Este aplicativo pode até lidar com arquivos PSD do Photoshop, arquivos Adobe XD, além de arquivos de fotos RAW, XCF e SKETCH.

Photopea é suportado por anúncios. No entanto, você pode pagar R$ 84,00 para ocultar os anúncios por três meses. Embora você possa ter alguns resultados de desempenho durante a edição intensiva de imagens, o Photopea é uma ótima alternativa ao Photoshop.

Pinta

No Windows, uma das melhores alternativas ao Photoshop é o editor de imagens gratuito, Paint.NET. Uma alternativa ao MS Paint, é flexível e extensível através de plugins e mais leve que o Photoshop.

O equivalente Linux do Paint.NET é o Pinta, um aplicativo que vem com tudo o que você precisa imediatamente. Isso inclui todas as funções básicas e básicas, camadas ilimitadas, histórico completo de edições e mais de 35 efeitos para ajustes de imagem. Você também pode alternar entre uma interface ancorada e uma interface de janela flutuante.

Enquanto o GIMP oferece uma experiência semelhante ao Photoshop, o Pinta é ideal para retoques rápidos de imagem e edições simples.

Outras alternativas gráficas ao Photoshop que você pode considerar para utilizar no Linux

A principal atração do Photoshop é a edição de imagens e a pintura básica. Os aplicativos que incluímos lidam com esses recursos, mas e se você quiser algo um pouco diferente?

Felizmente, os usuários do Linux podem usar vários aplicativos de criação e edição de imagens de código aberto.

  • Darktable: para uma experiência semelhante ao Photoshop Elements, tente o Darktable.
  • Pixlr: outro aplicativo baseado em navegador, o Pixlr oferece várias ferramentas de edição. Observe que ele requer a execução do Flash Player; portanto, você pode preferir evitá-lo.
  • Inkscape: é uma alternativa de código aberto ao Adobe Illustrator, oferecendo ferramentas de desenho flexíveis para ajudar a criar imagens impressionantes do zero.

Em suma, estas ferramentas são apenas a ponta do iceberg para utilizar no Linux aplicativos gráficos como alternativas ao Photoshop.

Via: MakeUseOf

Escrito por Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.

EXT4 traz novos Ioctls de depuração para Linux 5.4

EXT4 traz novos Ioctls de depuração para Linux 5.4

WannaCry ainda infecta PCs pelo mundo

WannaCry ainda infecta PCs pelo mundo