in

A próxima geração de conexão sem fio

A próxima geração de conexão sem fio WiFi 6 e 5G são desenvolvidos a passos largos e proporcionam novas tecnologias, melhorias e avanços em outras tantas.

Conexão sem fio é muito utilizada hoje em dia e o que esperar da próxima geração? Até a minha sogra, de 77 anos, usa rede sem fio. Deixando de lado a minha gracinha, se tornou rotina e quando ficamos sem é “um Deus nos acuda”. É sem fio em casa, na rua, no ônibus, na escola, no consultório médico e em tantos outros lugares.

Além disso, uma estrutura moderna e eficiente hoje, já alcança excelentes índices de largura de banda e velocidades em suas redes.

Contudo, o que esperar logo ali na frente?

Conexão sem fio Wi-Fi

A Próxima Geração de Conexão Sem Fio

O termo Wi-Fi é usado para determinar a conexão de dispositivos fixos ou móveis em uma rede local sem fio (WLAN) através da radiofrequência. Utiliza o padrão IEEE 802.11 criado em 1963 pelo Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos-IEEE, empresa estadunidense.

Atualmente, a Wi-Fi Alliance, instituição sem fins lucrativos e que reúne diversas empresas mundiais desenvolvem o Wi-Fi e outras tecnologias, como, por exemplo: WPA, WPA2 e agora WPA3.

O padrão atual é IEEE 802.11ac, de 5ª geração, que utiliza a faixa de 5Ghz e pode atingir uma capacidade de banda de até 433 Mbits por antena em um roteador. Portanto, quanto mais antenas, mais capacidade em uma conexão.

Já o padrão IEEE 802.11n, de 4.ª geração, é dual channel e disponibiliza as faixas de 2,4 Ghz e 5 Ghz. Sua capacidade de banda é de até 150 Mbits por antena.

O novo padrão que está chegando este ano é o IEEE 802.11ax, a 6ª geração será dual channel e possibilitará uma capacidade de banda máxima de até 14 Gbits.

Esta nova geração vai proporcionar que um canal possa se transformar em vários sub canais com variação de frequência e atender diversos dispositivos simultaneamente.

Os roteadores, dependendo do modelo, já operam com mais de um padrão. O problema mesmo, é a sua localização dentro de um ambiente físico. Paredes e outros equipamentos que usam radiofrequência, causam interferência prejudicando o desempenho e a qualidade do sinal.

Precisaremos de novos roteadores, da mesma forma que computadores antigos precisarão trocar suas placas Wi-Fi para utilizar o novo padrão ou a aquisição de uma nova máquina.

Além disso, teremos custos financeiros e intelectuais.

 

Conexão sem fio 5G

A Próxima Geração de Conexão Sem Fio

A próxima geração de banda larga móvel está chegando. Já existem planos de operadoras de celular na Alemanha e na Coreia do Sul que oferecem o serviço.

O sinal 5G vai proporcionar uma área maior de cobertura, menos tempo de conexão de chamadas, vai consumir pouquíssima energia nas estações bases em comparação com o sinal 4G.

No entanto, o que é mais aguardado é a capacidade de banda que pode chegar até 10 Gbits de acesso à internet. Um ponto negativo é o consumo maior da bateria dos nossos dispositivos móveis.

No Brasil, claro que para isso acontecer será preciso investimento em infraestrutura, em modernização dos serviços e de planos de dados das operadoras. Dependendo da região e da operadora, não temos nem o 4G, mas é o custo da inovação.

Inclusive já foi realizado recentemente testes do 5G em terras tupiniquins, com a participação da Huawei e as 4 maiores operadoras.

O Resultado foi “animador”, mas rendeu comentário por parte da empresa chinesa, que disse “… o Brasil vai enfrentar muitos desafios para alcançar o desempenho de outros países latino-americanos”.

Em outras palavras, vai demorar para o “povão” se beneficiar dela.

Novos dispositivos adaptados serão necessários, não há alternativa, da mesma forma que na tecnologia de Wi-Fi. Novamente teremos custos financeiros e intelectuais.

 

Quem vai usufruir a próxima geração?

Quem necessita estar conectado na internet, ou seja, todo mundo, desde que faça investimento.

Porém, a tecnologia que vai usufruir e muito é a IoT (Internet of Things) ou Internet das Coisas. Máquinas e dispositivos dos mais variados tipos conectados a internet para proporcionar conforto para nós (a Skynet vai atacar).

Outra tecnologia que vai aproveitar muito também, são os Wearables (dispositivos vestíveis), como pulseiras, relógios e óculos de realidade virtual.

Também temos a Realidade Aumentada, Inteligência Artificial, Armazenamento nas Nuvens, Big Data, consultas e atendimentos médicos e tantas outras. Por tanto, a próxima geração de conexão sem fio, de Wi-Fi e 5G, estão sendo muito aguardadas.

Então, o que você acha destas tecnologias? Além disso, conte para nós sua opinião em nosso canal do Telegram: @sitesempreupdate