Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais

youtube-duplica-a-acessibilidade-com-novos-recursos

Vídeos

Notícias

07/09/2021 às 11:00

5 min leitura

Avatar Autor
Por Jardeson Márcio

A Qualcomm fornecerá chips para o Mégane E-TECH da Renault

O modelo vem com a plataforma de cockpit digital para automóveis Snapdragon de terceira geração.

a-qualcomm-fornecera-chips-para-o-megane-e-tech-da-renault
Rate this post

A Qualcomm parece pronta para fornecer chips para o Mégane E-TECH da Renault. A empresa anunciou hoje que fornecerá chips para os novos veículos elétricos da Renault para componentes de painel digital.

A informação vem da Reuters, que afirma que a Qualcomm fez o anúncio da novidade ontem. A Qualcomm já havia firmado uma cooperação com a General Motors para fornecer chips para sistemas automotivos. Portanto, este é o próximo grande passo para a indústria automobilística.

A Qualcomm disse que o chip de computação será usado no carro elétrico Renault Mégane E-TECH. Este último também usará um sistema carro-máquina baseado em Android. Este carro elétrico foi apresentado ontem no IAA Motor Trade Show em Munique, Alemanha, e deverá estar à venda em 2022.

O modelo Renault Mégane E-TECH vem com a plataforma de cockpit digital para automóveis Snapdragon de terceira geração. O sistema consiste em uma tela de toque audiovisual de grande porte que oferece suporte a funções de áudio, visuais e de navegação, assistente de voz do Google e uma variedade de aplicativos Android integrados, por exemplo.

a-qualcomm-fornecera-chips-para-o-megane-e-tech-da-renault
Imagem: Caradisiac

Mégane E-TECH da Renault

a-qualcomm-fornecera-chips-para-o-megane-e-tech-da-renault
Imagem: Reprodução | Gizchina

O Renault Mégane E-TECH é um veículo de 4,21 metros de comprimento que conta com uma distância entre eixos de 2,7 metros, vem com uma grande roda de 20 polegadas e usa um design de alça oculta.

Em termos de potência, a versão básica do carro tem um motor elétrico de 96kW e um torque de 250N·m. O modelo topo de linha possui motor elétrico com potência de 160kW e torque de 300N·m. Ou seja, o veículo acelera de 100 quilômetros a 7,4 segundos e tem um alcance de cruzeiro de 470 quilômetros.

Quando o assunto é carregamento, por exemplo, o carro suporta um máximo de 22kW de potência de carregamento AC e o carregamento rápido DC suporta 130kW. O carregamento rápido pode completar 200-300 quilômetros de duração da bateria em meia hora de carga, por exemplo.

Além disso, o painel totalmente digital segue os conceitos de Trezor, Symbioz e Morphoz, adotando o que a Renault chama de display OpenR em forma de “L” invertido. O carro vem com uma tela de 12,3 polegadas, que fica na frente do motorista. No entanto, esta tela é complementada por uma tela sensível ao toque de 12 polegadas para o sistema de infoentretenimento nos modelos de especificações mais altas.

Além disso, essa tela grande tem resolução de 1250×1562. Em outras palavras, é da mais alta qualidade. Haverá uma versão elétrica mais barata do Mégane E-TECH. Ele virá com uma tela central menor de 9 polegadas com resolução mais baixa.

Via: Gizchina

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Rate this post

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.