in

Automotive Grade Linux lança oitava versão

Confira as novidades da nova versão da distribuição automotiva AGL UCB 8.0.

Automotive Grade Linux lança oitava versão

Há alguns dias, a Linux Foundation anunciou, por meio de um post no blog, o lançamento da oitava versão da distribuição Automotive Grade Linux, que desenvolve uma plataforma universal para uso em variedade painéis a sistemas automotivos de informação e entretenimento.

A distribuição é baseada nos desenvolvimentos dos projetos Tizen, GENIVI e Yocto. O ambiente gráfico é baseado nos desenvolvimentos do projeto Qt, Wayland e Weston IVI Shell.

Assembleias de demonstração da plataforma para as placas QEMU, Renesas M3, Intel Minnowboard Max (Atom E38xx) e TI Vayu e Raspberry Pi 3 estão sendo formadas.

As empresas envolvidas no desenvolvimento do projeto incluem marcas de renome, como a Toyota, a Ford, a Nissan, a Honda, a Jaguar Land Rover, a Mazda, a Mitsubishi e a Subaru.

Assim, os fabricantes de carros podem usar a oitava versão da Automotive Grade Linux como uma estrutura para criar soluções finais, depois de realizar as adaptações necessárias para a personalização do equipamento e da interface.

A plataforma permite concentrar-se no desenvolvimento de aplicativos e seus próprios métodos para organizar o trabalho do usuário, sem pensar em infra-estrutura de baixo nível e minimizar os custos de manutenção.

Um conjunto de protótipos funcionais de aplicativos típicos escritos usando tecnologias HTML5 e Qt é fornecido na plataforma.

Automotive Grade Linux lança oitava versão

Por exemplo, há uma implementação da tela inicial, navegador da web, painel, sistema de navegação (usando o Google Maps), controle climático, um reprodutor multimídia com suporte DLNA, uma interface para configurar o subsistema de áudio, um programa para ler notícias.

Componentes para controle de voz, recuperação de informações, interação com um smartphone via Bluetooth e conexão a uma rede CAN para acesso de sensor e transferência de dados entre nós de veículos também são oferecidos.

Destaques da oitava versão do Automotive Grade Linux

Automotive Grade Linux lança oitava versão

Foram adicionados perfis de dispositivos para o painel e a interface telemática (sistemas de navegação).

O suporte para o lançamento de programas com usuários não privilegiados e a separação de poderes no nível do usuário foi adicionada à estrutura de desenvolvimento de aplicativos.

Pois, os aplicativos e serviços do sistema anterior estavam sendo executados como raiz.

Enquanto o pacote de suporte de placas (BSP) das placas SanCloud BeagleBone Enhanced + Automotive Cape foi adicionado.

Os pacotes BSP foram atualizados para o BSP Renesas RCar3. O pacote i.MX6 foi convertido para usar o driver de gráficos abertos etnaviv para GPUs Vivante.

Das outras mudanças que se destacam nesta nova versão, podemos encontrar:

  • A função de encerramento forçado do aplicativo foi adicionada no pacote afm-util;
  • Suporte inicial para Raspberry Pi 4 (agl-image-minimal);
  • Componentes do sistema atualizados para a plataforma Yocto 2.6;
  • A pilha de gráficos foi atualizada para Wayland 1.17 e para o servidor composto Weston 6.0;
  • Nos perfis do painel e da interface para sistemas de infotainment, foram adicionados componentes para os receptores e transmissores Waltham;
  • O Web Application Manager foi atualizado para a base de código do Chromium 68 e foi liberado das dependências do Qt;
  • Um back-end de som baseado no servidor de mídia PipeWire, que substitui o PulseAudio, é implementado e ativado por padrão;
  • O gerenciador de tarefas é transformado em um widget instalado separadamente;
  • A implementação inicial do sistema de gerenciamento de sessões (wireplumber) foi adicionada;
  • Introduziu uma nova implementação do mixer de som. Suporte temporariamente removido para E/S de áudio via Bluetooth (será retornado na atualização 8.0.1);
  • Adicionado suporte à comunicação J1939 e ao padrão de diagnóstico do barramento do carro. Modo de gravação seguro suportado para barramento CAN;
  • Sistema integrado de síntese de voz com o Alexa Voice Agent.

Entretanto, o projeto está completamente aberto: todos os componentes estão disponíveis sob licenças gratuitas.

Com a participação da comunidade, os conjuntos para placas NXP i.MX6, DragonBoard 410c e Raspberry Pi 4 estão sendo desenvolvidos através do git.

Enfim, estas sãos as principais novidades da oitava distribuição Automotive Grade Linux.

Fonte: DesdeLinux

Escrito por Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin 7; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.

Entenda o LineageOS

Entenda o LineageOS

Qual o limite de armazenamento no Linux?

Qual o limite de armazenamento no Linux?