in

Canonical corrige a regressão do kernel do Linux 4.15 no Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS

Os usuários são convidados a atualizar suas instalações imediatamente.

Canonical corrige a regressão do kernel do Linux 4.15 no Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS

A Canonical anunciou nesta quarta-feira (11/09) a disponibilidade de uma nova versão do kernel Linux para os sistemas Ubuntu 18.04 LTS e Ubuntu 16.04 LTS executando o kernel Linux 4.15. Assim, a Canonical corrige a regressão do kernel do Linux 4.15 no Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS.

Qual foi o problema? Por que a Canonical corrige a regressão do kernel do Linux 4.15 no Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS?

No início deste mês, a Canonical já publicou as principais atualizações de segurança do kernel Linux para todos os sistemas operacionais Ubuntu Linux suportados. A promessa era resolver nada menos que 28 vulnerabilidades de segurança. No entanto, um dos patches também introduziu uma regressão, causando o travamento do kernel Linux 4.15 nos sistemas Ubuntu 18.04 LTS e Ubuntu 16.04 LTS ao manipular pacotes fragmentados.

USN 4115-1 corrigiu vulnerabilidades no kernel Linux 4.15 para Ubuntu 18.04 LTS e Ubuntu 16.04 LTS. Infelizmente, como parte da atualização, foi introduzida uma regressão que causava uma falha do kernel ao manipular pacotes fragmentados em algumas situações. Pedimos desculpas pelo inconveniente, disse Canonical no comunicado de segurança.

Usuários devem atualizar imediatamente

Canonical corrige a regressão do kernel do Linux 4.15 no Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS

A Canonical pede a todos os usuários dos usuários do Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) e do Ubuntu 16.04.6 LTS (Xenial Xerus) que usam o kernel Linux 4.15 atualizem seus sistemas o mais rápido possível para linux-image 4.15.0-62 e linux-image 4.15.0-62.69 ~ 16.04.1 respectivamente. Estas substituem a imagem-linux 4.15.0-60.67 da atualização anterior do kernel.

A regressão também foi corrigida no kernel Linux 4.15 para Amazon Web Services (AWS), Google Container Engine (GKE), Google Cloud Platform (GCP), Microsoft Azure Cloud, Microsoft Azure Cloud, Amazon Web Services (AWS-HWE) e Oracle Cloud. Do mesmo modo, para ambientes em nuvem e dispositivos Raspberry Pi 2. Então, atualize suas instalações de acordo.

Para atualizar seus sistemas, siga as instruções fornecidas pela Canonical em https://wiki.ubuntu.com/Security/Upgrades.

Certifique-se de reiniciar o computador após instalar a nova versão do kernel para fazer todas as alterações necessárias. Além disso, pode ser necessário reinstalar algum módulo do kernel de terceiros que você instalou.

Fonte: Softpedia

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

O Linux realmente é imune a vírus e malwares?

O Linux realmente é imune a vírus e malwares?

GNOME 3.36 será lançado em 11 de março

GNOME 3.36 será lançado em 11 de março