in

Com a aquisição da npm, a Microsoft deve ser a maior proprietária de software do mundo

A Microsoft aumentou substancialmente sua influência sobre o mundo open source.

Com a aquisição da npm, a Microsoft deve ser a maior proprietária de software do mundo

A Microsoft tem apostado muito em software livre nos últimos anos. Além do código aberto, algumas coisas aqui e ali, a Microsoft está contribuindo muito para o kernel Linux (para sua plataforma em nuvem do Azure). E mais um passo importante foi dado com a aquisição da npm, o que deve tornar a Microsoft a maior proprietária de software do mundo

Para quem ainda não sabe, Microsoft adquiriu a popular plataforma de hospedagem de código fonte GitHub por US $ 7,5 bilhões.

Agora, o GitHub, da Microsoft, adquiriu o npm (abreviação de Node Package Manager). O npm é o maior registro de software do mundo, com mais de 1,3 milhão de pacotes com 75 bilhões de downloads por mês.

Com a aquisição da npm, a Microsoft deve ser a maior proprietária de software do mundo

Com a aquisição da npm, a Microsoft deve ser a maior proprietária de software do mundo

Se você não estiver familiarizado, o npm é um gerenciador de pacotes para a linguagem de programação JavaScript, principalmente o extremamente popular Node.js de código aberto.

Embora o npm tenha escopo de repositório privado para empresas, a maioria dos 1,3 milhão de pacotes é de código aberto e / ou usada em vários projetos de código aberto.

O node.js e o npm são usados por grandes empresas de software e TI como IBM, Yahoo e grandes corporações como Netflix e PayPal. Caso você esteja se perguntando, o valor da aquisição não foi divulgado por nenhuma das partes.

Plano proposto pela Microsoft para npm

Com a aquisição da npm, a Microsoft deve ser a maior proprietária de software do mundo

O CEO do GitHub, Nat Friedman, garantiu que a Microsoft pretende manter o registro npm disponível como código-fonte aberto e gratuito para os desenvolvedores.

Quando a aquisição estiver concluída, a Microsoft investirá na infraestrutura e na plataforma do registro. O plano é melhorar a experiência principal do npm adicionando novos recursos como Espaços de Trabalho, além de trazer melhorias para publicação e autenticação multifatorial.

A Microsoft também pretende integrar o GitHub e o npm para que os desenvolvedores possam rastrear uma alteração de uma solicitação pull do GitHub para a versão do pacote npm que a corrigiu.

Parte de um plano maior

Primeiro, a Microsoft comprou o GitHub, a plataforma que possuía os maiores repositórios de código aberto e agora npm, o maior registro de software. Claramente, a Microsoft está reforçando seu controle sobre projetos de código aberto. Isso pode permitir que a Microsoft dite as políticas em torno desses projetos de código aberto no futuro.

Quando a Microsoft adquiriu o GitHub, vários desenvolvedores de código aberto mudaram para plataformas alternativas como o GitLab, porém, o GitHub permaneceu a primeira escolha para os desenvolvedores. A Microsoft introduziu alguns recursos inovadores, como avisos de segurança, registro de pacotes, patrocínio etc. A Microsoft está expandindo o GitHub, formando comunidades em torno dele, especialmente nos países em desenvolvimento. Recentemente, o GitHub anunciou sua subsidiária indiana para atrair especialmente jovens desenvolvedores para sua plataforma.

Agora, a Microsoft é proprietária da rede social profissional LinkedIn, GitHub e npm, orientada a desenvolvedores. Isso indica que a Microsoft continuará sua onda de compras e adquirirá mais projetos relacionados ao código aberto que possuem um número substancial de desenvolvedores.

Qual poderia ser o próximo então? WordPress porque é o CMS de código aberto mais popular e roda 33% dos sites na Internet?

It’s Foss

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Google interrompe lançamentos do Chrome e Chrome OS

Google interrompe lançamentos do Chrome e Chrome OS

google-anuncia-novas-protecoes-contra-malware-para-usuarios-do-programa-protecao-avancada

Google anuncia novas proteções contra malware para usuários do Programa Proteção Avançada