in

Como instalar o Caire, um redimensionador de imagem, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

Biblioteca de redimensionamento de imagem com reconhecimento de conteúdo

como-instalar-o-caire-um-redimensionador-de-imagem-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

O Caire é uma biblioteca de redimensionamento de imagem com reconhecimento de conteúdo, capaz de aumentar e diminuir imagens sem distorção de conteúdo. Saiba como instalar o Caire no Linux.

Se você deseja redimensionar uma imagem sem distorção de conteúdo, mas também deseja preservar as partes relevantes da imagem, você precisa instalar o Caire no seu computador!

O redimensionamento normal da imagem, mas também a técnica de recorte de conteúdo não é muito adequada para este tipo de tarefa, já que o primeiro irá simplesmente redimensionar a imagem preservando a proporção e o último irá recortar a imagem na seção de coordenadas definidas, que pode resultar em perda de conteúdo, especialmente em fotos com informações relevantes espalhadas pela imagem. É claro que como toda tecnologia tem suas limitações, como é o caso em que a imagem processada é muito condensada, no sentido de que não contém áreas “menos” importantes, podem surgir artefatos feios.

O Caire é uma poderosa ferramenta de redimensionamento. Com ela você redimensiona suas melhores imagens, sem perda de qualidade ou cortes estranhos. Redimensionar a imagem requer técnica, tudo o que você encontra no Caire. Cansado dos cortes absurdos que outros aplicativos executam? Instale o Caire agora mesmo e livre-se desse problema.

Basta seguir o tutorial abaixo e instalar o Caire de forma super simples e rápida!

como-instalar-o-caire-um-redimensionador-de-imagem-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Instalando o Caire no Ubuntu, Kubuntu, Xubuntu e derivados!

Para instalar o Caire no Ubuntu Linux. Inclusive você também pode instalar o Caire no Linux Mint sem nenhum problema execute o comando abaixo:

sudo snap install caire

Instalando o Caire no Fedora e derivados!

Para instalar o Caire no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que caso você já tenha o suporte ao Snap habilitado no Fedora, pule para o passo 3, o de instalação do pacote:

Passo 1 – Instalar o Snapd:

sudo dnf install snapd

Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:

Passo 2 – Criar link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o Caire no Fedora ou derivados:

Passo 3 – Agora vamos executar o comando para instalar o Caire no Fedora ou derivados:

sudo snap install caire

Instalando o Caire no Debian e derivados!

Para instalar o Caire no Debian, execute os comandos abaixo. Caso você já tenha  Snap ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 2, que seria da instalação:

Passo 1 – Atualizar os repositório e instalar o Snapd:

apt update
apt install snapd

E agora, vamos executar o comando para instalar o Caire no Debian ou derivados. Observe que o comando abaixo está com o sudo, caso você não o tenha habilitado, remova o sudo e instalar usando o ROOT mesmo:

Passo 2 – Agora vamos executar o comando para instalar o Caire no Debian e derivados:

sudo snap install caire

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o Caire no Linux!

Escrito por Jardeson Márcio

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professor substituto na mesma Instituição e assessora a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Meio Ambiente de sua cidade.
Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias.
Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

OBS Studio mescla código EGL Wayland para oferecer suporte nativo ao Wayland

OBS Studio mescla código EGL Wayland para oferecer suporte nativo ao Wayland

como-instalar-o-gisoplox-um-software-para-maquinas-de-corte-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Como instalar o Gisoplox, um software para máquinas de corte, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian