in

Como instalar o Python no Linux?

Python conquistará o lugar do Java para se tornar o número um na lista de linguagens de programação mais populares.

Como instalar o Python no Linux?

O Python é usado em quase todos os lugares e atualmente é uma das linguagens de programação mais populares do mundo. A maioria das pessoas começa sua jornada de programação aprendendo Python por causa de sua sintaxe. Neste artigo, vamos instalar o Python no Linux.

Em breve, o Python conquistará o lugar do Java para se tornar o número um na lista de linguagens de programação mais populares.

Como instalar o Python no Linux

Debian

Para instalar o Python em distribuições Linux baseadas em Debian, como Ubuntu, digite o seguinte no terminal:

sudo apt update && sudo apt upgrade && sudo apt install python3
Como instalar o Python no Linux?
O Python é usado em quase todos os lugares e atualmente é uma das linguagens de programação mais populares do mundo.

Arch Linux

Para instalar o Python em distribuições baseadas em Arch como Manjaro, digite o seguinte no terminal:

pacman -S python3

Fedora

No Fedora, usamos o gerenciador de pacotes yum. Atualize o gerenciador de pacotes yum:

sudo yum -y update

Instale as ferramentas de desenvolvimento e dependências:

sudo yum -y groupinstall “Development Tools”
sudo yum -y install gcc openssl-devel bzip2-devel libffi-devel

Instale o Tarball do site oficial do Python, extraindo e instalando:

tar -xf Python-3.9.1.tar.xz
cd Python-3.9.1
./configure
sudo make install

Python online

O Repl.it é um compilador de código/IDE online. A ideia principal é permitir que os usuários criem aplicativos e sites usando um navegador.

Ele também permite que você codifique de forma colaborativa e salve seus “Repls”. Portanto, ele basicamente age como o Github, mas com um compilador de código. Além disso, ele suporta mais de 50 linguagens de programação.

Por fim, caso queira ler mais matérias sobre código aberto, Linux, Android, hardware, internet, programação e ficar atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, acompanhe as matérias no canal do Sempre Update no Telegram.

Fossbytes