in

Como instalar o VirtualBox 6.0.8 no Fedora, CentOS e RHEL

Como instalar o VirtualBox 6.0.4 no Fedora, CentOS e RHEL

Como você já deve saber o VirtualBox 6.0.8 foi lançado, inclusive fizemos uma postagem contando sobre as novidades do lançamento do VirtualBox 6.0.8. E hoje você verá como instalar o VirtualBox 6.0.8 no Fedora, CentOS e RHEL com alguns comandos. Lembre-se de seguir o tutorial de acordo com a versão do seu sistema.

Instalando o VirtualBox 6.0.8 no Fedora, CentOS e RHEL

Para começar vamos precisar do Terminal, abra-o e cole os comandos abaixo de acordo com o seu sistema. A pedidos, vamos fazer a instalação do VirtualBox 6.0.8 utilizando o usuário ROOT, cuidado para não errar os comandos.

Mudança de usuário

Primeiro vamos então mudar o usuário, vamos acessar o ROOT, você pode usar um dos comandos abaixo:

su --

ou se preferir:

sudo -i

Repositório

Agora, vamos adicionar os repositórios para que seja possível instalar o VirtualBox 6.0.8, e mais uma vez, execute os comandos de acordo com o seu sistema:

cd /etc/yum.repos.d/

Para instalar o VirtualBox 6.0.8 no Fedora 30, 29 ou 28, execute:

wget http://download.virtualbox.org/virtualbox/rpm/fedora/virtualbox.repo

Para instalar o VirtualBox 6.0.8 no CentOS 8 ou 6.10 e Red Hat (RHEL) 7.5 ou 6.10, execute:

wget http://download.virtualbox.org/virtualbox/rpm/rhel/virtualbox.repo

Atualização

Agora vamos dar início ao processo de atualização do repositório que adicionamos e em seguida atualizaremos a lista de pacotes disponíveis:

Para Fedora 30, 29 ou 28 execute:

dnf update

Para CentOS/RHEL 8 ou 7 execute:

yum update

Linux Kernel

Agora, chegou a hora! Precisamos atualizar o Linux Kernel nos sistemas para a versão mais recente para isso execute os comandos abaixo, vamos instalar e depois reiniciar o sistema:

rpm -qa kernel |sort -V |tail -n 1
uname -r

Agora vamos reiniciar o sistema:

reboot

Dependências

Agora, vamos adicionar as dependências dos pacotes:

Para CentOS 8 ou RHEL 7, execute:

rpm -Uvh https://dl.fedoraproject.org/pub/epel/epel-release-latest-7.noarch.rpm

Para CentOS 8 ou RHEL 6, execute:

rpm -Uvh https://dl.fedoraproject.org/pub/epel/epel-release-latest-6.noarch.rpm

Para Fedora 30, 29 ou 28, execute:

dnf install binutils gcc make patch libgomp glibc-headers glibc-devel kernel-headers kernel-devel dkms qt5-qtx11extras libxkbcommon

Para CentOS/RHEL 8 ou 6, execute:

yum install binutils gcc make patch libgomp glibc-headers glibc-devel kernel-headers kernel-devel dkms

Para usuários do PAE kernel execute:

yum install binutils gcc make patch libgomp glibc-headers glibc-devel kernel-headers kernel-PAE-devel dkms

Instalação

Agora vamos dar início ao processo de instalação do VirtualBox 6.0.8

Para instalar o VirtualBox 6.0.8 no Fedora 30, 29 ou 28, execute:

dnf install VirtualBox-6.0

Para instalar o VirtualBox 6.0.8 no CentOS/RHEL 8 ou 6, execute:

yum install VirtualBox-6.0

Módulos

Agora chegou a hora dos módulos, precisamos recompilar, para isso execute os comandos abaixo:

Para Fedora 30, 29 ou 28 e CentOS/RHEL 8, execute:

/usr/lib/virtualbox/vboxdrv.sh setup

Para CentOS/RHEL 8, execute:

/etc/init.d/vboxdrv setup

Ou se preferir:

service vboxdrv setup

Vamos adicionar o usuário do sistema ao grupo de usuários do VirtualBox, execute o comando abaixo, lembre-se de substituir o item SEUUSIARIO pelo nome de usuário do sistema.

usermod -a -G vboxusers SEUUSUARIO

E por fim, vamos iniciar a nova máquina virtual, para isso execute o comando abaixo:

VirtualBox

Dica extra para instalação do VirtualBox 6.0.8 no Fedora, CentOS e RHEL

Em alguns casos os usuários podem encontrar o erro envolvendo o KERN_DIR, mas é possível corrigir isso de forma muito simples com poucos comandos. O erro ocorre quando não é possível encontrar o diretório de forma automática, então é preciso intervir para que tudo funcione de forma adequada, execute os comandos a seguir somente se você estiver passando por problemas:

Para usuários Fedora que estão com este problema:

KERN_DIR=/usr/src/kernels/`uname -r`

Para usuários do CentOS ou Red Hat (RHEL):

KERN_DIR=/usr/src/kernels/`uname -r`-`uname -m`

Para o Fedora a saída é algo como:

KERN_DIR=/usr/src/kernels/5.1.xx.x-xxx.fc30.i686

Para o CentOS ou Red Hat (RHEL) a saída do Terminal é algo como:

KERN_DIR=/usr/src/kernels/5.1.xx.x-xxx.fc30.el8-x86_64

Para exportar:

export KERN_DIR

Written by Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Como instalar o Virtualbox no Ubuntu

Como instalar o Virtualbox no Ubuntu, Debian, Linux Mint e derivados

Sua internet está lenta? Veja algumas situações que podem causar lentidão!