in

Confira as novidades do ambiente de desktop Cinnamon 4.8

Veja o que há de novo neste ambiente.

ISOs do Linux Mint 20.1 foram aprovadas para lançamento

Acaba de sair pelo projeto Linux Mint o ambiente de desktop Cinnamon 4.8. Esta é uma versão principal que traz vários novos recursos e melhorias de usabilidade para o próximo grande lançamento do Linux Mint. Com mais de seis meses de desenvolvimento, o Cinnamon 4.8 finalmente chegou e já apareceu nos repositórios de software da distribuição Arch Linux. No entanto, o projeto tem como foco os usuários do Linux Mint, já que eles são o alvo principal deste ambiente de área de trabalho com base no GNOME para distribuições GNU/Linux.

Os principais novos recursos do Cinnamon 4.8 incluem:

  • uma nova função suspend-e-hibernar que instrui o ambiente de trabalho a primeiro suspender o sistema e depois hiberná-lo após um certo período de inatividade;
  • gerenciador de arquivos Nemo recebeu um recurso muito solicitado, ou seja, a capacidade de adicionar arquivos ou pastas aos favoritos por meio de uma nova opção de menu de contexto do botão direito do mouse chamada “Adicionar aos favoritos”. O acesso ocorre facilmente na seção “Favoritos” do gerenciador de arquivos. Na verdade, um novo miniaplicativo “Favoritos” exclusivo, uma nova seção no menu do aplicativo ou a partir da opção de arquivo “Favoritos” do aplicativo com o qual deseja abri-los.

Confira as novidades do ambiente de desktop Cinnamon 4.8 lançado

Cinnamon 4.8 Desktop Environment lançado

Como os aplicativos Snap não são mais suportados no Linux Mint por padrão, o Cinnamon 4.8 melhora ainda mais a integração de aplicativos Flatpak para instalações lado a lado para dar ao usuário mais opções para aplicativos de que precisam, caso ainda não estejam disponíveis no Linux Mint repositórios de software.

Outras mudanças incluem:

  • um novo atalho de teclado para exibir o menu do miniaplicativo;
  • arrastar de itens aprimorado;
  • um novo atalho de teclado para silenciar o microfone;
  • suporte para arrastar novos iniciadores para o meio do miniaplicativo Lista de janelas;
  • e suporte aprimorado de ícone de bandeja para determinados Qt e aplicativos Electron para torná-los mais bonitos em monitores HiDPI/4K.

Há outras mudanças importantes no Cinnamon 4.8 que valem a pena experimentar:

Do mesmo modo, o interpretador Cinnamon Javascript (CJS) usa o mecanismo Mozilla JavaScript mais recente da Mozilla. Isso torna a inicialização do Cinnamon muito mais rápida e fácil de manter por outras distribuições que não sejam o Linux Mint.

Para reduzir ainda mais a manutenção do projeto, esta versão melhora a compatibilidade entre Spices e Cinnamon. Então, implementa uma chamada capacidade multi-versão. Portanto, permite o Spices fornecer código-fonte para diferentes versões do Cinnamon. Além disso, é uma nova maneira de o Cinnamon atualizar o Spices sempre recuperando as versões mais recentes.

Por último, o Cinnamon agora usa as ferramentas GIO do GNOME. Ela serve acessar arquivos de locais externos em vez do sistema de arquivos virtual do espaço do usuário gvfs-bin. Por outro lado, também existem muitas correções de bugs e melhorias menores. Assim, isso deve tornar o Cinnamon mais estável e confiável como um ambiente de área de trabalho para seu trabalho diário.

O Cinnamon 4.8 será o ambiente de desktop padrão do próximo lançamento do sistema operacional Linux Mint 21 “Ulyssa”, que será baseado no Ubuntu 20.04.1 LTS (Focal Fossa) e deverá chegar no próximo mês próximo ao feriado de Natal.

Se você não pode esperar até lá e deseja usar o Cinnamon 4.8 agora, há opções. Você deve considerar a instalação de uma distribuição GNU/Linux de lançamento contínuo, como o Arch Linux. Assim, a distribuição já oferece os pacotes do Cinnamon 4.8 em seus repositórios de software estáveis.

9to5Linux

como-instalar-o-flameshot-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian-manjaro-arch-linux-kde-neon-opensuse-centos-e-red-hat-enterprise-linux

Como instalar o Flameshot no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian, Manjaro, Arch Linux, KDE Neon, openSUSE, CentOS e Red Hat Enterprise Linux!

Reino Unido proíbe a instalação de equipamentos 5G da Huawei a partir de setembro de 2021

Reino Unido proíbe a instalação de equipamentos 5G da Huawei a partir de setembro de 2021