in

Conheça o simulador de rede GNS3 2.2.0

Confira os destaques de um dos melhores softwares de simulação de rede existentes atualmente.

Conheça o simulador de rede GNS3 2.2.0

O GNS3 é um dos melhores softwares de simulação de rede existentes atualmente, suportando um grande número de tecnologias de virtualização, com o objetivo de ser o mais versátil possível para executar arquiteturas de rede muito complexas em seu próprio computador. O Simulador de rede GNS3 2.2.0 é a versão mais recente disponível e incorpora muitas melhorias para continuar oferecendo aos seus usuários o melhor em simulação.

O GNS3 está disponível para sistemas operacionais Linux, Windows e também macOS de forma totalmente gratuita e também fornece máquinas virtuais já configuradas para executar o servidor GNS3 em qualquer plataforma com o melhor desempenho possível.

Destaques do simulador de rede GNS3 2.2.0 na Web

Conheça o simulador de rede GNS3 2.2.0

Esta nova versão do GNS3 incorpora uma interface da Web, para que possamos ver a topologia através do nosso navegador da Web, embora essa funcionalidade ainda esteja na fase experimental e tenha suas limitações, como “somente leitura”, por exemplo. Ou seja, não podemos interagir com a topologia de rede que configuramos.

Essa funcionalidade é compatível com os navegadores Chrome e Firefox, embora outros navegadores também possam ser compatíveis, a compatibilidade com outros não é garantida.

Esse recurso é ideal para o ensino, pois os alunos podem se conectar diretamente ao navegador e ver em tempo real qualquer ação que estamos realizando no GNS3.

Destaques em máquinas virtuais

Então, outra novidade importante é que temos uma nova máquina virtual (GNS3 VM) com o sistema operacional base Ubuntu 18.04 LTS, e agora teremos compatibilidade com VMware, VirtualBox e uma das novidades é que também teremos compatibilidade com o Microsoft Hyper-V, ideal para poder usar essa VM GNS3 e Docker juntos.

Tudo isto acontece no mesmo computador sem ter problemas de virtualização entre eles. Esta VM ainda é experimental e suporta apenas os sistemas operacionais Windows 10 e Windows Server 2016 e, além disso, suporta apenas processadores Intel.

Algumas das novidades desta nova VM GNS3 são a incorporação do QEMU versão 3.1.0, uma ferramenta para a migração de imagens e projetos para outra VM GNS3 também foi incorporada facilmente, graças a essa ferramenta podemos enviar todas as informações do GNS3, o único requisito é que precisaremos que a senha da VM do GNS3 seja a padrão (senha: gns3).

Essa funcionalidade usa rsync, para que possamos fazê-lo quantas vezes você desejar para sincronizar as duas VMs GNS3.

Outra novidade dessa nova imagem de máquina virtual é que agora teremos um console com letras maiores para que pareça correto, pois anteriormente tínhamos letras muito pequenas.

Outro recurso desta nova VM é que podemos alternar entre diferentes versões do GNS3 com muita facilidade, a fim de fornecer a melhor compatibilidade possível.

Outras novidades da versão 2.2.0 do simulador de rede GNS3

O GNS3 2.2.0 terá suporte para novos ícones de roteadores, switches e outros dispositivos, também teremos um novo e muito fácil de usar sistema de criação de modelosdetecção de status de link para máquinas virtuais QEMU e a possibilidade personalizar a configuração dos diferentes adaptadores com o nome desejado, incluindo a possibilidade de definir o endereço MAC desejado.

Além disso, uma das ações que sempre fazemos após iniciar um roteador ou um comutador é clicar duas vezes para carregar o console e começar a digitar comandos pelo console.

O GNS3 2.2.0 nos permitirá ativar uma nova opção para iniciar automaticamente o console em roteadores e switches com muita facilidade.

Por fim, recomendamos que você acesse a lista de alterações do funcionário GNS3 2.2.0, onde você encontrará toda a lista de alterações explicada em detalhes. Você pode baixar a versão mais recente do GNS3 2.2.0 no site oficial e também em suas máquinas virtuais.

Via: RedesZone

Escrito por Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.

SteamOS Compositor da Valve começa a ter novidades

SteamOS Compositor da Valve começa a ter novidades

As empresas Embark Studios, AMD e Adidas agora também estão patrocinando o Blender

Além da AMD, Embark Studios e Adidas agora também estão patrocinando o Blender