in

Empresa vende versão falsificada de um suposto Windows 12 baseado em Linux

Na verdade, a distro imita a logo e vários aspectos do Windows mas é baseada no Linux Lite.

Uma versão falsa do Windows, chamada pelo apelido de Windows 12, está sendo vendida na internet como se fosse algo legítimo da própria Microsoft. Bem, é verdade que muito se especula sobre a Microsoft desistir do seu próprio sistema e criar outro totalmente baseado no concorrente Linux. Porém, não é este o caso. Ao que tudo indica, a empresa vende em DVDs uma versão falsificada de um suposto Windows 12 que é baseado em Linux, especificamente o Linux Lite.

Os criadores do  ‘Windows 12 Lite’ escondem que este sistema, vendido em DVDs, é baseado no Linux Lite, que por sua vez, é baseado no Ubuntu, que é baseado no Debian… O falso Windows vem equipado com uma área de trabalho XFCE modificada para imitar a aparência do Windows. Foi empacotado à revelia da Microsoft e, como se pode notar, viola os direitos autorais de marca e os elementos gráficos característicos (começando com o logotipo). Sendo assim, supõe-se que a vida dessa curiosa invenção seja bastante curta.

Um Windows que cheira a fraude. Empresa vende versão falsificada de um suposto Windows 12 baseado em Linux

Em um exercício de boa fé, poderíamos imaginar que fizeram isso sem maldade. Porém, como explicar que o Windows 12 era vendido em DVDs em uma loja on-line? Além disso, faltam os habituais arquivos .ISO disponíveis para download. A página de vendas já foi retirada do ar.

Assim, pessoas mais leigas poderiam ser induzidas a pensar que estariam comprando uma versão legítima do Windows.

DVDs do Windows 12Um usuário do Reddit chamado ‘hexsayeed’ postou esta foto acima dos DVDs do Windows 12 Lite que acabaram de ser removidos da web.

Em seu site, hospedado no domínio da referida loja online, a equipe vende o  ‘Windows 12 Lite’ como uma versão bem superior a tudo o que a Microsoft já produziu. Bom, por se tratar de Linux, vários entusiastas do sistema devem mesmo achar isto. No entanto, ele se fazia passar pelo próprio Windows, o que não é verdade.

O sistema não é atualizado quando você não deseja, seus dados não são usados sem o seu consentimento e não precisa de anúncios e chaves de ativação, diz o comunicado.

O anúncio é válido se estivéssemos falando do Linux. Contudo, os vendedores não deixam isso claro.

Esse Windows falso é perigoso?

Empresa vende versão falsificada de um suposto Windows 12 baseado em Linux

É difícil afirmar sem acesso à imagem ISO. Ao que tudo indica, parece ser apenas uma versão “disfarçada” do Linux Lite, uma distribuição completamente legítima do Linux, caracterizada por funcionar sem problemas em computadores de 1 GHz e 768 MB de RAM.

No entanto, seus criadores poderiam ter inserido malware no sistema, e a mudança fraudulenta para lucrar com um Windows falso leva a desconfiar de seus criadores.

Se o que você está procurando é um Linux projetado para os usuários acostumados aos sistemas operacionais da Microsoft, provavelmente a melhor opção é o Zorin OS. Há também o Linux Mint e até mesmo opções mais avançadas como o Kali Linux, o ‘linux para hackers’ com um modo de navegação anônima que procura imitar a interface do Windows.

Com informações de Softpedia e Genbeta